ATUALIZADO – A Policia Militar prendeu nesta segunda-feira, 6, integrantes da quadrilha que explodiu bancos em Pardinho, na madrugada do ultimo domingo, 5. Os marginais foram presos em suas residências, e o armamento e dinheiro descartado encontrado em uma chácara em Botucatu, na região do Bairro Demétria.
Dez pessoas estão foragidas e acredita-se que estejam escondidas em Botucatu ou cidades da região. 
Fernando Aguile, um dos suspeitos dos assaltos que foi liberado pela DIG | Foto PM de Pardinho
Vander Martins Roder, suspeito dos assaltos a bancos em Pardinho | Foto PM Divulgação
LEIA MAIS SOBRE OS ATAQUES EM PARDINHO AQUI

 

Os Policiais militares investigaram uma residência em Botucatu, na Rua João Passos e residências na Cohab 1 e Cohab Nova de Pardinho. Foram detidos os comparsas Fernando Aquile (que acabou sendo liberado, mas no momento, está entre os suspeitos) e Vander Martins Roder
A Policia Militar apreendeu também 1 fuzil 556 PWS, munições CBC, pente carregador de munição e um celular. Um dos presos é de Botucatu e outro de Pardinho e ambos têm passagens criminais por roubo.
Na propriedade de Botucatu, além das armas e equipamentos usados no assalto que levou pânico em Pardinho, os policiais militares encontraram dinheiro picado e queimado na explosão, indicando envolvimento no crime.
A PM de Botucatu chegou até essas propriedade após alerta dado em Pardinho e policiamento ostensivo realizado na região da Demétria, onde testemunhas relataram movimentação suspeita em uma chácara na região.
Além dos dois suspeitos, uma mulher também foi detida. Ela é suspeita de ter conhecimento do crime, pois foi encontrado em seu celular mensagens com informações de um dos acusados.