Cartório Itinerante leva biometria aos funcionários da EucatexCartório Itinerante leva biometria aos funcionários da Eucatex A 26ª Zona Eleitoral de Botucatu mantem até o dia 01 de setembro, uma equipe da Justiça Eleitoral para realizar biometria dos funcionários da Eucatex.
A estimativa é atender mais de 250 pessoas neste período. A ação conta com o apoio do Recursos Humanos da empresa, que agendou e promoveu a divulgação junto aos funcionários.
Em outubro, as empresas Irizar, Centroflora e Caio/Induscar também serão atendidas pelo Projeto, com uma expectativa de atingir, aproximadamente, 2 mil funcionários.
Será a primeira experiência de levar a biometria para dentro de uma empresa. Segundo o chefe do Cartório, Igor Ignácio, a iniciativa é a apenas a primeira de série de ações previstas para os próximos meses.
“Estamos entrando na reta final do cadastro biométrico e ainda não atingimos metade do nosso eleitorado, por isso a Justiça Eleitoral rompeu os paradigmas, derrubou os muros da burocracia e saiu às ruas em busca do eleitor. Muitas barreiras foram superadas para que pudéssemos realizar tal intento e em breve divulgarei tantos outros projetos que a Justiça Eleitoral de Botucatu fará, mas tenho certo que tudo isto só está acontecendo pela união de forças dos mais variados setores da sociedade”, afirma Ignácio.
Mais de 7 mil pessoas já foram atendidas na campanha de recadastramento biométrico em Botucatu.
O atendimento direcionado já foi realizado em parceria com órgãos públicos e privados, como Prefeitura, Poupatempo, Fórum, Unesp (Hospital das Clínicas, Hospital Estadual de Botucatu, Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD), Pronto Socorro Municipal Infantil, Faculdade de Medicina, Instituto de Biociências, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia,  Faculdade de Ciências Agronômicas), escolas públicas e particulares e supermercado Central.
 “O Cartório Itinerante foi implantado em abril deste ano oferecendo apenas o agendamento aos eleitores. A partir de agora as ações serão realizadas através do recadastramento, dando a possibilidade de emissão do título de eleitor de imediato”, explica o chefe do Cartório.
Segundo levantamento junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 62.366 eleitores da 26ª ZE (Botucatu, Itatinga e Pardinho) ainda não passaram pela Biometria.
Todos os eleitores de Botucatu, Itatinga e Pardinho deverão se apresentar à Justiça Eleitoral para a revisão obrigatória do eleitorado, que tem como objetivo a coleta de dados biométricos com a atualização do cadastro eleitoral.

(da assessoria)