Trabalhadores da Prefeitura executam trabalho de pavimentação | Foto Prefeitura Municipal
Além de receber asfalto em sua estrada de acesso, como anunciado pelo Prefeito Mário Pardini nesta semana, a Mina receberá outra melhoria. A pavimentação da estrada terá mais de 2km e serão utilizados cerca de 16 mil metros quadrados de asfalto.
Após o término das obras de pavimentação da estrada que dá acesso à orla do Rio Tietê, a Prefeitura de Botucatu e a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, iniciarão a construção de uma rede coletora esgoto atendendo a maioria das residencias do bairro.
Atualmente as casas e ranchos localizados no balneário fazem o armazenamento do material orgânico em fossas.
“O asfalto e a rede coletora de esgoto eram demandas antigas da população. Essas medidas, além de ser direito dos moradores, trarão mais saúde e qualidade de vida a eles. Queremos que, terminando a pavimentação, iniciemos junto à Sabesp mais essa melhoria”, afirma o Prefeito Mário Pardini.
A previsão é de que implantação da rede de esgoto dure de 6 a 8 meses.
“Essa obra abrange a instalação de redes coletoras de esgoto, estações elevatórias de esgoto, linhas de recalque (redes bombeadas) e estação de tratamento de esgoto. Na próxima semana, se tudo correr bem, iniciamos o trabalho de implantação que beneficiará aproximadamente 2,6 mil pessoas”, explica Sandro Henrique Branbilla, Gerente de Divisão da Sabesp.
A obra de pavimentação do acesso que liga o bairro da Mina à Rodovia Geraldo Pereira de Barros leva também o carimbo da economia, presente nas outras obras executadas pela Prefeitura de Botucatu.

PREFEITURA ECONOMIZOU R$ 600 MIL

Se fosse realizada com a contratação de uma empresa, a implantação do asfalto na via custaria aproximadamente R$ 1 milhão. Feito com mão de obra da própria Secretaria Municipal de Infraestrutura, o valor a ser gasto não chega aos R$ 400 mil.
“Mais uma vez nossa equipe da Infraestrutura demonstra a sua capacidade ao abraçar mais essa obra e ao ajudar na economia do Município. Nossa equipe tem qualidade e creio que em dez dias essa via de acesso a Mina já esteja liberada”, cita o Vice-prefeito e Secretário Municipal de Infraestrutura, André Peres.

(da assessoria)