Na semana passada, na sexta-feira, na avenida Vital Brazil,  um deficiente físico de Botucatu foi obrigado a descer do ônibus se arrastando, devido a falta de funcionamento do elevador de cadeirantes.
Passageiros e funcionários da Empresa Sao Dimas auxiliaram o deficiente, que ainda estava usando uma bolsa de coleta clinicas, a descer do ônibus.
O deficiente fisico sentado no chão do ônibus orientou os auxiliares a descerem primeiro a cadeira, para que ele pudesse se acomodar após se arrastar pelo onibus.
– “Pouca vergonha isso. O cara (fiscalização) olha motor, pneus, olham tudo, mas não olham essa porra de elevador”, protestou o passageiro ao se despedir dos funcionários da empresa e passageiros que lhe auxiliarem a descer do ônibus sem elevador.
A maioria das reclamações dos deficientes fisicos em Botucatu é contra a falta de funcionamento do equipamento que em tese é obrigatório e deve estar funcionando em todos os onibus.
Não foi divulgado por parte da Semutran, aplicação de qualquer penalidade à empresa São Dimas. O veiculo havia sido recolhido para vistoria e foi liberado com a posição da empresa em resolver o problema.

Olha o absurdo que é os nossos transportes em Botucatu uma falta de respeito com nossos amigos cadeirantes

Posted by Madalena Chagas on Thursday, January 25, 2018

(video da rede social)