Marice Fronchetti é nova presidente do SEPRORGS
Marice Fronchetti é nova presidente do SEPRORGS

A nova gestão do SEPRORGS tomou posse na quarta-feira, 03 de janeiro, com Marice Fronchetti como presidente, Luis Henrique Petkovicz como vice-presidente, Edgar Serrano como diretor Financeiro, Ederson Bastos como vice-diretor Financeiro, Marcus Sperb como diretor Administrativo, e Rafael Krug como vice-diretor Administrativo. Além disso, Vinycio de Correa Lunelli e José Carlos Zanetti assumem como diretor e vice-diretor de Relações do Trabalho, respectivamente.

Marice Fronchetti, nova presidente da entidade, abordou desafios significativos enfrentados pelo setor de TI devido a mudanças importantes no final de 2023. Destacou a alteração nas regras de desoneração da folha de pagamento e a aprovação da reforma tributária, apontando o aumento da carga tributária como uma preocupação para todos os setores empresariais. Nesse contexto, ressaltou a necessidade de construir caminhos sólidos, considerando que a regulamentação pode amenizar alguns impactos.

A presidente também expressou a intenção de analisar e refletir sobre os aprendizados adquiridos nos últimos anos, destacando a importância do SEPRORGS em questões como a reforma tributária e a desoneração da folha de pagamento.

“Agora, vamos direcionar nossa atenção para unificar forças e agregar, contribuindo para despertar a consciência da classe empresarial. Temos objetivos relevantes, como a regulamentação de projetos de lei estaduais referentes ao Sandbox e à inovação tecnológica, além da regulamentação de projetos junto aos municípios, com alguns já regulamentados, como Porto Alegre, Canoas, Caxias e Santa Maria”, acrescentou.

A nova gestão enfrenta um desafio adicional com as eleições municipais deste ano, enfatizando a importância de escolher representantes que atendam às demandas do setor de TI. Marice expressou o desejo de contar com o apoio dos diretores, vice-presidente e toda a equipe do SEPRORGS, citando também prestadores de serviço como o escritório Lamachia Advogados, AGV, entre outros, como colaboradores essenciais na estruturação da entidade.

Rafael Krug, que presidiu na última gestão, disse: “Estamos encerrando uma gestão de quatro anos que começou em 2020. É claro que a gente não contava com a questão da pandemia, que nos deixou bastante preocupados, porque nós tivemos que reinventar o sindicato durante todo esse período e imediatamente a gente acabou digitalizando todos os nossos eventos, todos os nossos relacionamentos com os nossos associados”.

Para ele,  vencida essa parte, o SEPRORGS conseguiu, nos últimos quatro anos, voltar com os eventos presenciais e aumentar o número de regionais. “Conseguimos também, em um tempo recorde, aprovar algumas leis, principalmente as leis com relação ao Sandbox Regulatório nas nossas próprias regionais. Então foi um trabalho de toda a diretoria envolvida. Foi muito importante para todos esse aumento de representatividade como um todo. E a gente espera que a nova presidente dê continuidade ao trabalho que a gente está fazendo, não só na questão da convenção coletiva de trabalho, mas também nas questões legislativas”, concluiu.

Esdras Moreira, Diretor Regional Seprorgs da Serra, afirmou que continuará o trabalho, mantendo conexões com outras entidades e buscando representação no legislativo. Ele mencionou a necessidade de revisar algumas pautas, adaptando-se às mudanças, e destacou a intensificação das conexões na região da Serra com a inclusão de um novo diretor para maior proximidade com cidades como Caxias, Farroupilha, Bento Gonçalves, Flores da Cunha, entre outras.