Masimo (NASDAQ: MASI) anunciou hoje que o Departamento de Anestesiologia do Hospital Universitário de Lausanne (CHUV), uma das principais instituições acadêmicas da Suíça, optou por tornar o relógio avançado de monitoração da saúde Masimo W1™, uma parte essencial de seu programa de pesquisa de avaliação pré-cirúrgica de pacientes. Esta iniciativa, liderada pelo professor Patrick Schoettker, Chefe de Anestesiologia do CHUV e um renomado especialista em supervisão de vias aéreas, monitoração sem fio e transformação digital da saúde, foi concebida para ajudar a informar melhor os anestesiologistas e as equipes cirúrgicas sobre o estado fisiológico de seus pacientes antes da cirurgia, com o objetivo final de melhorar os resultados do paciente. O Masimo W1, que oferece medições precisas e contínuas dos principais parâmetros fisiológicos, está disponível na Europa como um dispositivo médico que se integra com a plataforma de supervisão remota de pacientes Masimo SafetyNet®.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20230608005486/pt/

Masimo W1™ (Graphic: Business Wire)

Masimo W1™ (Graphic: Business Wire)

Joe Kiani, Fundador e Diretor Executivo da Masimo, disse: “Estamos animados em aprofundar nosso relacionamento com os anestesiologistas do CHUV e em ajudá-los a aproveitar os recursos de monitoração da saúde do Masimo W1, auxiliando as equipes perioperatórias a estabelecer dados fisiológicos da fase inicial mais perspicazes sobre seus pacientes. Os dados da fase inicial podem permitir que os médicos saibam o que é normal e anormal a cada paciente que atendem no hospital. Além disto, com o Masimo W1, podem monitorar remotamente o paciente após a cirurgia em seu lar, quando apropriado, e reduzir o tempo de permanência do paciente no hospital. Agradecemos o Dr. Schoettker e sua equipe por reconhecer o papel que nossa tecnologia pode desempenhar para ajudar seu departamento e o CHUV a oferecer cuidados ainda melhores para pacientes submetidos a cirurgias, estando na expectativa de ver o Masimo W1 fazer uma verdadeira diferença na vida de seus pacientes.”

O programa de avaliação pré-operatória do paciente do CHUV foi lançado em 2022, com o objetivo de usar tecnologias inovadoras para identificar áreas de saúde e melhorias de comportamento para cada paciente individualmente. Usando a pré-habilitação multimodal, a equipe visa atender às necessidades físicas, nutricionais e psicológicas de pacientes cirúrgicos colorretais. Agregar dados referentesàdemografia dos pacientes, sinais vitais e otimização de comportamento irá permitir que a equipe ofereça uma supervisão mais personalizada antes, durante e após a anestesia e a cirurgia. A partir do fim deste ano, como parte deste programa, os pacientes agendados para cirurgia eletiva irão receber relógios Masimo W1 com duas semanas de antecedência para ajudar a estabelecer seus dados vitais da fase inicial, que serão retransmitidos aos médicos durante a visita de anestesia pré-operatória no CHUV. Usando o painel Masimo SafetyNet, as equipes perioperatórias poderão usar estes dados para desenvolver um perfil fisiológico mais matizado e completo dos pacientes antes da cirurgia, permitindo que tomem decisões de cuidados com mais informação.

O Prof. Schoettker comentou: “Estamos na expectativa de agregar o máximo possível de dados de pacientes para compreender melhor como cada pessoa pode se beneficiar de uma abordagem personalizada. O tempo da anestesia em “duração única” acabou e a supervisão personalizada do paciente está em ascensão. Embora nossos mentores tenham ajudado a tornar a centro cirúrgico o local mais seguro para o paciente, com a maior densidade de especialistas altamente qualificados por paciente, nossa missão agora é oferecer o mesmo nível de qualidade e segurança antes e depois de qualquer procedimento cirúrgico.”

O Masimo W1 para uso em aplicações médicas está pendente de autorização da FDA nos EUA.

@Masimo | #Masimo

Sobre a Masimo

A Masimo (NASDAQ: MASI) é uma empresa internacional de tecnologia médica que desenvolve e produz uma ampla gama de tecnologias de monitoração líderes do setor, incluindo medições inovadoras, sensores, monitores de pacientes e soluções de automação e conectividade. Além disto, a Masimo Consumer Audio compreende oito marcas de áudio lendárias, incluindo Bowers & Wilkins, Denon, Marantz e Polk Audio. Nossa missão é melhorar a vida, melhorar os resultados dos pacientes e reduzir o custo dos cuidados. A oximetria de pulso Masimo SET® Measure-through Motion and Low Perfusion™, introduzida em 1995, demonstrou em mais de 100 estudos independentes e objetivos superar outras tecnologias de oximetria de pulso.1 Masimo SET® também demonstrou ajudar os médicos a reduzir a retinopatia grave da prematuridade em recém-nascidos, 2 aprimorar a monitoração de CCHD em bebês3 e, quando utilizada para monitoração contínua com o Masimo Patient SafetyNet™ em enfermarias pós-cirúrgicas, reduz ativações de equipes de resposta rápida, transferências de UTI e custos.4-7 É estimado que o Masimo SET® seja utilizado em mais de 200 milhões de pacientes nos principais hospitais e outros ambientes de saúde ao redor do mundo,8, sendo a oximetria de pulso primária em 9 dos 10 principais hospitais classificados em 2022-23Notícias dos EUA e Relatório Mundial. Lista de Honra dos Melhores Hospitais.9 Em 2005, a Masimo introduziu a tecnologia Rainbow® de oximetria CO de pulso, permitindo a monitoração não invasiva e contínua dos constituintes do sangue que anteriormente apenas podiam ser medidos de modo invasivo, incluindo a hemoglobina total (SpHb®), teor de oxigênio (SpOC™), carboxi-hemoglobina (SpCO®), metemoglobina (SpMet®), índice de variabilidade de pletismografia (PVi®), RPVi™ (rainbow® PVi) e índice de reserva de oxigênio (ORi™). Em 2013, a Masimo apresentou a Plataforma de Conectividade e Monitoração de Pacientes Root®, desenvolvida desde o início para ser a mais flexível e expansível possível, a fim de facilitar a adição de outras tecnologias de monitoração da Masimo e de terceiros; as principais adições da Masimo incluem monitoração da função cerebral SedLine® de última geração, oximetria regional O3® e capnografia ISA™ com linhas de amostragem NomoLine®. A família Masimo de oxímetros CO de pulso com monitoração contínua e de verificação pontual® inclui dispositivos criados para uso em vários cenários clínicos e não clínicos, incluindo tecnologia vestível sem fio, como Radius-7®, Radius PPG® e Radius VSM™, dispositivos portáteis como Rad-67®, oxímetros de pulso de dedo como MightySat® Rx e dispositivos disponíveis para uso hospitalar e residencial, como Rad-97®. As soluções de conectividade e automação hospitalar e residencial da Masimo estão centralizadas na plataforma Masimo Hospital Automation™ e incluem Iris® Gateway, iSirona™, Patient SafetyNet, Replica®, Halo ION®, UniView®, UniView :60™ e Masimo SafetyNet®. Seu crescente portfólio de soluções de saúde e bem-estar inclui o Radius Tº® e o relógio Masimo W1™. Informações adicionais sobre a Masimo e seus produtos podem ser encontradas em www.masimo.com. Estudos clínicos publicados sobre produtos Masimo podem ser encontrados em www.masimo.com/evidence/featured-studies/feature/.

ORi, RPVi e Radius VSM não receberam autorização 510(k) da FDA e não estão disponíveis para venda nos Estados Unidos. O uso da marca registrada Patient SafetyNet está sob licença do University HealthSystem Consortium.

Referências

  1. Estudos clínicos publicados sobre oximetria de pulso e os benefícios do Masimo SET® podem ser encontrados em nosso site em http://www.masimo.com. Estudos comparativos incluem estudos independentes e objetivos que são compostos de resumos apresentados em encontros científicos e artigos de jornais revisados por pares.

  2. Castillo A et al. Prevenção da retinopatia da prematuridade em bebês prematuros mediante mudanças na prática clínica e na tecnologia de SpO2. Acta Paediatr. 2011 Feb;100(2):188-92.

  3. de-Wahl Granelli A et al. Impacto da triagem de oximetria de pulso na detecção de doença cardíaca congênita em função do duto: um estudo de triagem prospectivo sueco em 39.821 recém-nascidos. BMJ. 2009;Jan 8;338.

  4. Taenzer A et al. Impacto da vigilância por oximetria de pulso em eventos de resgate e transferências de unidades de terapia intensiva: um estudo de simultaneidade antes e depois. Anestesiologia. 2010:112(2):282-287.

  5. Taenzer A et al. Monitoração pós-operatória – A experiência de Dartmouth. Boletim da Fundação para Segurança do Paciente de Anestesia. Primavera – Verão de 2012.

  6. McGrath S et al. Supervisão do Monitoramento de Vigilância para Unidades de Cuidados Gerais: Estratégia, Criação e Implementação. Jornal da Comissão Conjunta sobre Qualidade e Segurança do Paciente. 2016 Jul;42(7):293-302.

  7. McGrath S et al. Parada Respiratória em Paciente Internado Associada a Medicamentos Sedativos e Analgésicos: Impacto da Monitoração Contínua na Mortalidade e Morbidade Grave do Paciente. J Patient Saf. 2020 14 Mar. DOI: 10.1097/PTS.0000000000000696.

  8. Estimativa: Dados da Masimo em arquivo.

  9. http://health.usnews.com/health-care/best-hospitals/articles/best-hospitals-honor-roll-and-overview.

Declarações Prospectivas

Este comunicadoàimprensa inclui declarações prospectivas conforme definido na Seção 27A da Lei de Valores Mobiliários de 1933 e Seção 21E da Lei de Bolsa de Valores de 1934, em conexão com a Lei de Reforma de Litígios de Valores Privados de 1995. Estas declarações prospectivas incluem, entre outras, declarações sobre a eficácia potencial do Masimo W1™ e Masimo SafetyNet®, bem como a adoção do Masimo W1 pelo CHUV. Estas declarações prospectivas são baseadas em expectativas atuais sobre eventos futuros que nos afetam e estão sujeitas a riscos e incertezas, todos os quais são difíceis de prever e muitos dos quais estão fora de nosso controle e podem fazer com que nossos resultados reais difiram material e adversamente daqueles expressos em nossas declarações prospectivas como resultado de diversos fatores de risco, incluindo, mas não limitados a: riscos referentes a nossas suposições sobre a repetibilidade dos resultados clínicos; riscos referentesànossa crença de que as tecnologias de medição não invasiva exclusivas da Masimo, incluindo Masimo W1 e Masimo SafetyNet, contribuem para resultados clínicos positivos e segurança do paciente; riscos referentesànossa crença de que os avanços médicos não invasivos da Masimo oferecem soluções econômicas e vantagens exclusivas; riscos de que o CHUV não obtenha os benefícios esperados do Masimo W1 ou que o CHUV não forneça o Masimo W1 a pacientes no fim deste ano da forma descrita neste comunicadoàimprensa; riscos referentesàCOVID-19; bem como outros fatores discutidos na seção “Fatores de Risco” de nossos relatórios mais recentes apresentadosàComissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission – “SEC”), que podem ser obtidos gratuitamente no site da SEC em www.sec.gov. Embora acreditemos que as expectativas refletidas em nossas declarações prospectivas sejam razoáveis, não sabemos se nossas expectativas serão corretas. Todas as declarações prospectivas incluídas neste comunicadoàimprensa são expressamente qualificadas em sua totalidade pelas declarações cautelares anteriores. Você é advertido a não depositar confiança indevida nestas declarações prospectivas, que se referem apenasàdata de hoje. Não assumimos qualquer obrigação de atualizar, alterar ou esclarecer estas declarações ou os “Fatores de Risco” contidos em nossos relatórios mais recentes apresentadosàSEC, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outro modo, exceto conforme exigido nos termos das leis de valores mobiliários aplicáveis.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Contato de mídia:

Masimo

Evan Lamb

949-396-3376

elamb@masimo.com

Fonte: BUSINESS WIRE