A Masimo (NASDAQ: MASI) e a Community Health System (CHS), com sede em Fresno (EUA), anunciaram hoje que a CHS está adotando uma série de tecnologias e soluções avançadas de monitoramento da Masimo em seus campi. A CHS, uma grande rede de quatro hospitais, fornece todos os níveis de atendimento em toda a área do Vale Central, na Califórnia, e está padronizando a oximetria de pulso Masimo SET® e implementando 800 Root® Vital Signs Monitoring and Connectivity Hubs e 200 Rad-97® Pulse CO-Oximeters® com capnografia NomoLine® em todo seu sistema.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20230612481701/pt/

Community Health System of Fresno, California / Masimo Hospital Automation™ with Root® and Radical-7® (Photo: Business Wire)

Community Health System of Fresno, California / Masimo Hospital Automation™ with Root® and Radical-7® (Photo: Business Wire)

Na próxima fase de sua expansão de tecnologia médica, o foco da CHS será em sua iniciativa de vigilância de pacientes, com planos de implementar o Masimo Patient SafetyNet para monitoramento remoto centralizado de pacientes, aproveitando a Masimo Hospital Automation™ para transferir dados de pacientes para registros médicos eletrônicos (EMR) a fim de simplificar os fluxos de trabalho de enfermagem e melhorar a segurança do paciente. Uma área de foco adicional é a ampliação de seus recursos de monitoramento perioperatório, com a instalação planejada de parâmetros avançados da tecnologia rainbow® da Masimo, bem como de monitoramento contínuo e não invasivo da hemoglobina e de SpHb® e do índice de variabilidade pleth (PVi®), juntamente com o monitoramento da função cerebral SedLine®, oximetria regional O3® e monitoramento hemodinâmico LiDCO®.

Joe Kiani, fundador e CEO da Masimo, disse: “É uma honra trabalhar com parcerias como a da CHS para melhorar os resultados dos pacientes em todo o processo de atendimento. Sua dedicação na hora de garantir que seu corpo médico tenha acesso às ferramentas necessárias para fornecer a seus pacientes a assistência da mais alta qualidade possível – as tecnologias de monitoramento não invasivas mais avançadas, os monitores de pacientes mais versáteis, as soluções de automação e conectividade mais sofisticadas – é inspiradora”.

O diretor de enfermagem e vice-presidente sênior da CHS, Daniel Davis, R.N., afirmou: “Esta parceria expandida nos permite integrar a melhor tecnologia de monitoramento não invasivo da Masimo em todos os hospitais do nosso sistema de saúde. Esperamos que ela otimize os fluxos de trabalho e forneça informações adicionais sobre o status do paciente que, em última análise, nos ajudarão a melhorar os resultados dos pacientes”.

Cheri Provancha, DBA, DML, vice-presidente de Cadeia de Suprimentos, Segurança e Engenharia Clínica da CHS, acrescentou: “Estamos entusiasmados com a ampliação de nosso relacionamento com a Masimo e em fornecer aos nossos excelentes médicos tecnologias não invasivas avançadas, dispositivos de monitoramento e soluções de automação nas quais eles confiam para fornecer o melhor atendimento possível aos residentes do Vale Central”.

A CHS é uma rede privada de assistência médica sem fins lucrativos com sede em Fresno (EUA). O sistema opera quatro hospitais e um instituto de câncer, juntamente com vários cuidados de longo prazo, ambulatórios e outras unidades de saúde. Em 2014, a CHS implementou o Masimo SET® para serviços para mulheres e crianças e terapia intensiva neonatal no campus do Community Regional Medical Center e, desde então, expandiu para padronizar todas as áreas de atendimento em seus campi.

Sua experiência positiva com o uso da tecnologia Masimo – tanto para médicos quanto para pacientes – foi a força motriz por trás dessa expansão e padronização das tecnologias da Masimo.

@Masimo | #Masimo

Sobre a Masimo

A Masimo (NASDAQ: MASI) é uma empresa mundial de tecnologia médica que desenvolve e produz uma ampla linha de tecnologias de monitoramento líderes do setor, incluindo medições inovadoras, sensores, monitores de pacientes e soluções de automação e conectividade. Além disso, a Masimo Consumer Audio é o lar de oito marcas de áudio emblemáticas, incluindo Bowers & Wilkins, Denon, Marantz e Polk Audio. Nossa missão é melhorar a vida, melhorar os resultados dos pacientes e reduzir o custo dos cuidados de saúde. A oximetria de pulso SET® Measure-through Motion and Low Perfusion™ da Masimo, introduzida em 1995, demonstrou em mais de 100 estudos independentes e objetivos superar outras tecnologias de oximetria de pulso1. O SET® da Masimo também demonstrou ajudar os médicos a reduzir a retinopatia grave de prematuridade em neonatos2, melhorar a triagem para detectar doença cardíaca congênita em recém-nascidos3 e, quando usados para monitoramento contínuo com o Patient SafetyNet™ da Masimo em enfermarias pós-cirúrgicas, reduzir as ativações da equipe de resposta rápida, transferências de UTI e custos4-7 . Estima-se que o SET® da Masimo é usado em mais de 200 milhões de pacientes nos principais hospitais e outros estabelecimentos de saúde no mundo inteiro8 e é a principal oximetria de pulso em nove dos 10 principais hospitais, conforme classificado no “Best Hospitals Honor Roll 2022-23” do U.S. News and World Report9. Em 2005, a Masimo introduziu a tecnologia rainbow® Pulse CO-Oximetry, permitindo o monitoramento contínuo e não invasivo de constituintes do sangue que anteriormente só podiam ser medidos de forma invasiva, incluindo hemoglobina total (SpHb®), teor de oxigênio (SpOC™), carboxihemoglobina (SpCO®), metemoglobina (SpMet®), índice de variabilidade pleth (PVi®), RPVi™ (rainbow® PVi) e índice de reserva de oxigênio (ORi™). Em 2013, a Masimo apresentou a plataforma de conectividade e monitoramento de pacientes Root®, criada desde o início para ser o mais flexível e expansível possível para facilitar a adição de outras tecnologias de monitoramento da Masimo e de terceiros. As principais adições da Masimo incluem o monitoramento de função cerebral SedLine® de próxima geração, a oximetria regional O3® e a capnografia ISA™ com linhas de amostragem NomoLine®. A família da Masimo de Pulse CO-Oximeters® de monitoramento contínuo e pontual inclui dispositivos projetados para uso em uma variedade de cenários clínicos e não clínicos, incluindo tecnologia vestível sem fio, como Radius-7®, Radius PPG® e Radius VSM™, dispositivos portáteis como Rad-67®, oxímetros de pulso de dedo como MightySat® Rx e dispositivos disponíveis para uso no hospital e em casa, como Rad-97®. As soluções de conectividade e automação hospitalar e residencial da Masimo estão centradas na plataforma Masimo Hospital Automation™ e incluem Iris® Gateway, iSirona™, Patient SafetyNet, Replica®, Halo ION®, UniView®, UniView :60™ e Masimo SafetyNet®. Seu crescente portfólio de soluções de saúde e bem-estar inclui Radius Tº® e o relógio W1™ da Masimo. Para mais informações sobre a Masimo e seus produtos, acesse www.masimo.com. Os estudos clínicos publicados sobre produtos da Masimo podem ser encontrados em www.masimo.com/evidence/featured-studies/feature/.

ORi e RPVi não receberam autorização 510(k) da FDA e não estão disponíveis para venda nos Estados Unidos. O uso da marca registrada Patient SafetyNet está sob licença do University HealthSystem Consortium.

Referências

  1. Os estudos clínicos publicados sobre oximetria de pulso e os benefícios do SET® da Masimo estão disponíveis em http://www.masimo.com. Os estudos comparativos incluem estudos independentes e objetivos que são compostos de resumos apresentados em reuniões científicas e artigos de periódicos revisados por pares.

  2. Castillo A et al. Prevention of Retinopathy of Prematurity in Preterm Infants through Changes in Clinical Practice and SpO2 Technology. Acta Paediatr. Fevereiro de 2011;100(2):188-92.

  3. de-Wahl Granelli A et al. Impact of pulse oximetry screening on the detection of duct dependent congenital heart disease: a Swedish prospective screening study in 39,821 newborns. BMJ. 08/01/2009;338.

  4. Taenzer A et al. Impact of pulse oximetry surveillance on rescue events and intensive care unit transfers: a before-and-after concurrence study. Anesthesiology. 2010:112(2):282-287.

  5. Taenzer A et al. Postoperative Monitoring – The Dartmouth Experience. Anesthesia Patient Safety Foundation Newsletter. Primavera-verão de 2012.

  6. McGrath S et al. Surveillance Monitoring Management for General Care Units: Strategy, Design, and Implementation. The Joint Commission Journal on Quality and Patient Safety. Julho de 2016;42(7):293-302.

  7. McGrath S et al. Inpatient Respiratory Arrest Associated With Sedative and Analgesic Medications: Impact of Continuous Monitoring on Patient Mortality and Severe Morbidity. J Patient Saf. 14/03/2020. DOI: 10.1097/PTS.0000000000000696.

  8. Estimativa: Dados arquivados da Masimo.

  9. http://health.usnews.com/health-care/best-hospitals/articles/best-hospitals-honor-roll-and-overview.

Declarações prospectivas

Este comunicadoàimprensa inclui declarações prospectivas, conforme definido na Seção 27A da Lei dos Valores Mobiliários dos Estados Unidos de 1933 e na Seção 21E da Lei do Mercado de Capitais dos Estados Unidos de 1934, no âmbito da Lei de Reforma de Litígios sobre Títulos Particulares dos EUA de 1995. Estas declarações prospectivas incluem, entre outras, declarações sobre a eficácia potencial das tecnologias de monitoramento da Masimo, monitores e soluções de automação e conectividade, bem como declarações sobre a expansão do uso de várias tecnologias da Masimo pela CHS. Estas declarações prospectivas são baseadas em expectativas atuais sobre eventos futuros que nos afetam e estão sujeitas a riscos e incertezas, todos os quais são difíceis de prever e muitos dos quais estão fora de nosso controle e podem fazer com que nossos resultados reais difiram material e adversamente daqueles expressos em nossas declarações prospectivas como resultado de vários fatores de risco, incluindo, entre outros: riscos relacionados a nossas suposições sobre a repetibilidade dos resultados clínicos; riscos relacionadosànossa crença de que as tecnologias de medição não invasiva exclusivas da Masimo, incluindo tecnologias de monitoramento, monitores e soluções de automação e conectividade da Masimo, contribuem para resultados clínicos positivos e segurança do paciente; riscos relacionadosànossa crença de que os avanços médicos não invasivos da Masimo oferecem soluções econômicas e vantagens exclusivas; riscos de que a CHS não consiga obter os benefícios esperados das tecnologias da Masimo ou não implemente as tecnologias da Masimo de acordo com os planos descritos neste comunicadoàimprensa; riscos relacionadosàCOVID-19; bem como outros fatores discutidos na seção “Fatores de risco” de nossos relatórios mais recentes arquivados na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (“SEC”), que podem ser obtidos gratuitamente em www.sec.gov. Embora acreditemos que as expectativas refletidas em nossas declarações prospectivas sejam razoáveis, não sabemos se nossas expectativas serão corretas. Todas as declarações prospectivas incluídas neste comunicadoàimprensa são expressamente qualificadas em sua totalidade pelas declarações cautelares anteriores. Advertimos a não depositar confiança indevida nestas declarações prospectivas, que se referem apenasàdata de hoje. Não assumimos qualquer obrigação de atualizar, alterar ou esclarecer estas declarações ou os “Fatores de Risco” contidos em nossos relatórios mais recentes arquivados na SEC, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outra forma, exceto conforme exigido nos termos as leis de valores mobiliários aplicáveis.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Masimo

Evan Lamb

949-396-3376

elamb@masimo.com

Fonte: BUSINESS WIRE