Análise em tempo real permite tomada rápida de decisões
Análise em tempo real permite tomada rápida de decisões

Em média, apenas 5% das empresas brasileiras acreditam fazer bom uso da inteligência de dados, segundo indicativos de um estudo produzido pela TOTVS em parceria com a H2R Pesquisas Avançadas. 

Além disso, a análise revelou que 43% dos negócios analisados não conseguem captar os padrões de consumo de seus clientes por meio de canais de comunicação e de venda digital.

Por outro lado, a jovem especialista em BI (Business Intelligence), Victoria Pimentel Nassif, que recebeu prêmios internacionais por sua arquitetura de ferramentas de Business Intelligence, destaca que ser o pioneiro nos seus produtos e serviços “tem dado destaque a empresas de forma significativa”, e, quanto mais ferramentas e estratégias disponíveis, como as soluções de AI e ML, forem oferecidas atualmente, “mais palpável está sendo atingir esse novo nível de inovação”.

Ela observa que utilizar as inovações é positivo tanto para a indústria quanto para o consumidor. Apesar disso, é preciso compreender que o consumidor tende a se acostumar com um padrão elevado e, se esses níveis não forem atingidos, a taxa de vendas pode ficar comprometida.

“A expectativa de seus clientes aumenta quando você usa AI e ML, pois você está um passo à frente do esperado. Porém, a partir do momento que isso deixa de acontecer, o cenário começa a mudar, podem levar a: perda de clientes, percentual de conversão e do valor a que os consumidores estão dispostos a pagar”, afirma.

Nassif, que atualmente também integra o time da ACM (Association for Computing Machinery), conta que o uso de dados de forma imediata permite que a empresa tome decisões ágeis e otimize processos. Como consequência, é possível ter acesso a respostas rápidas à mudança do mercado, que ajudam o negócio a melhorar a experiência do cliente. 

Como e quando fazer uso da análise de dados e informações em tempo real? 

De acordo com a especialista em BI, a análise de dados e informações em tempo real pode ser aplicada em diversos casos em uma empresa, desde o monitoramento de desempenho e comportamento do cliente até a detecção de fraudes e gestão da cadeia de suprimentos.

“A análise de dados em tempo real permite monitorar o desempenho operacional de uma empresa. Isso inclui o acompanhamento de indicadores-chave de desempenho (KPIs) em tempo real, como vendas, receitas, custos, produtividade, entre outros”, detalha.

Nassif explica que um exemplo de uso de análise de dados e informações em tempo real é o setor de comércio eletrônico. “Em um ambiente on-line dinâmico, a capacidade de analisar dados em tempo real pode trazer benefícios”.

A fim de exemplificar, ela cita que um e-commerce com análise de dados e informação pode conseguir os seguintes dados: personalização da experiência do cliente, gestão de estoque, decretação de fraudes, análise da concorrência e atendimento ao cliente.

“Trabalhar com vendas virtuais tem sido algo que mudou a vida de muitas pessoas, mas, com a tecnologia e seu avanço, se você não estiver bem posicionado, as chances de ‘afundar’ são maiores. O vendedor do e-commerce não pode só ter um produto ‘legal’”, diz.

Diante disso, Nassif lista os principais benefícios da análise em tempo real e tomada de decisões nos tópicos a seguir:

1 – Personalização da experiência do cliente: a análise em tempo real permite acompanhar o comportamento do cliente em tempo real, incluindo suas interações no site, histórico de compras, preferências e atividades em redes sociais. Com essas informações, o negócio pode personalizar a experiência do cliente, fornecendo recomendações de produtos relevantes, ofertas especiais ou, até mesmo, ajustando o conteúdo do site de acordo com os interesses do público;

2- Gestão de estoque e gerenciamento de demanda: a empresa pode monitorar os níveis de estoque e a demanda por produtos continuamente. Isso ajuda a evitar a falta de produtos populares, otimizar os níveis de estoque e identificar rapidamente os produtos com baixo desempenho;

3 – Detecção de fraudes e segurança: no e-commerce, a segurança e a prevenção de fraudes são essenciais;

4 – Análise de preços e concorrência com ajuda da IA (Inteligência Artificial): é preciso ficar a par do que está acontecendo no mercado, mas tomar cuidado para não perder tempo demais analisando o que outra empresa está fazendo. Através do AI, é possível coletar informações sobre as iniciativas e propostas da competição sem comprometer o tempo dedicado ao próprio produto. Nesse ponto, a análise em tempo real permite monitorar os preços dos concorrentes e identificar mudanças de preço em tempo real.

5 – Atendimento ao cliente em tempo real: com a análise em tempo real, a empresa pode acompanhar as interações dos clientes em vários canais, como chatbots, redes sociais e e-mails. Isso permite fazer um atendimento eficaz e rápido, responder às consultas e reclamações em tempo real, melhorar a satisfação e construir relacionamentos positivos.

Para mais informações, basta acessar: https://victorianassifbi.blogspot.com/