Investimento em house flipping nos EUA atrai brasileiros
Investimento em house flipping nos EUA atrai brasileiros

Oportunidades de internacionalização de investimentos diversificando a carteira e com retorno em curto prazo por meio do mercado imobiliário americano têm se popularizado cada vez mais no Brasil devido à chance da dolarização do patrimônio para fugir da variação cambial e inflação. Um estudo do Miami Realtors, associação de corretores de imóveis nos Estados Unidos, apontou que entre todos os estrangeiros que compraram imóveis no país, no período entre 2009 e 2022, 6% foram brasileiros. O mesmo estudo destacou que a Flórida é a principal escolha de compradores estrangeiros, 

Um caminho para isso, por exemplo, é viabilizado pela aquisição de terrenos ou prédios já ocupados cujo rendimento vem da locação. Contudo, nesse mesmo propósito, muitos têm descoberto a prática da house flipping, a compra de imóveis mais antigos ou depreciados para reforma e posterior revenda ou locação, pois oferecem retorno do investimento num prazo menor. Uma busca tão grande que fez com que Thiago Gontijo tenha se especializado nesse setor atendendo a clientes de fora dos Estados Unidos, quase que exclusivamente brasileiros.

Gontijo é administrador de empresas e há mais de 20 anos atua no setor da engenharia de infraestrutura. De todo esse período, há oito atua em solo americano com sua empresa de construção, reforma ou incorporação.

“Como brasileiro, muita gente acabava me procurando pela facilidade de comunicação. Não apenas devido ao idioma, mas porque eu sei exatamente as possíveis dúvidas e preocupações que um estrangeiro pode ter para se adequar às legislações e regras daqui e a negociação acaba tendo uma abordagem mais completa, como uma consultoria. Assim, com o crescimento desse interesse, acabei me especializando quase que totalmente no atendimento a esse público”, conta Gontijo.

O profissional acrescenta que “atualmente, as pessoas têm compreendido melhor esse mercado e muitas já chegam até mim com essa demanda, ou seja, encontrar um imóvel com um valor mais acessível que possa ser restaurado e valorizado, até porque essa prática tem crescido até mesmo no mercado imobiliário brasileiro”.

O retorno depende das condições da compra

Gontijo conta que seus parceiros têm em média um retorno de 30%, podendo chegar a 50% do investimento em alguns casos e faz um alerta: “o segredo para alcançar um alto retorno financeiro é o cuidado na escolha e compra do imóvel, afinal, apenas ser uma casa ou prédio muito antigo, não significa que o preço de venda está propício para ser utilizado como investimento na prática de house flipping”.

E este é um de seus maiores diferenciais nesse mercado, no qual já atraiu para dezenas de milhões de dólares estrangeiros para dentro dos Estados Unidos. Gontijo consegue assumir o processo completo. Como real estate developer (incorporador), é responsável por encontrar e avaliar o potencial de retorno de um imóvel ou terreno além do apoio ao processo burocrático para essa aquisição por um estrangeiro. Contudo, também atua como construtor, ou seja, após a compra se torna responsável pela reforma buscando a valorização do bem.

Imóveis residenciais e também comerciais

As oportunidades de investimento no mercado imobiliário estão no setor comercial (varejo, indústria, galpões, erc) e também no residencial. Tradicionalmente, no mercado americano os profissionais e empresas acabam se especializando em um setor específico. Observando esse fenômeno o interesse dos brasileiros, Gontijo seguiu um caminho diferente e especializou-se no público que atende, o estrangeiro, atuando em qualquer segmento.

“Muitas vezes, um investidor sabe que deseja aproveitar as oportunidades do mercado imobiliário americano, no entanto, não tem ideia do que seria mais vantajoso e nem por onde começar. Começamos entendendo as necessidades e objetivos de cada pessoa para então encontrar o imóvel que possam atender a cada perfil”, explica.

Assim, seu trabalho une a busca dos melhores potenciais garantidos de retorno financeiro em qualquer setor do mercado imobiliário, quase sempre não listados e na categoria wholesale, ao suporte completo em todo processo, como busca por financiamentos e a agilidade nas obras e burocracia.