Eventos em São Paulo destacam cultura brasileira
Eventos em São Paulo destacam cultura brasileira

Nos últimos dias de agosto, três eventos estreiam na capital paulista trazendo luz para diferentes aspectos da cultura brasileira – traduzidos não apenas por olhos e mãos nascidos nativos, mas também por estrangeiros. De 30 de agosto a 3 de setembro, 250 obras da arte popular brasileira criadas por 20 mestres, grupos e famílias de artesãos de estados como Alagoas, Ceará, Mato Grosso, Pernambuco e Pará, ocuparão o Espaço State, na Vila Leopoldina em São Paulo na exposição-feira “Arte dos Mestres”.

Produzidas especialmente para esta iniciativa da Artesol, ONG dedicada à valorização do artesanato brasileiro, as peças terão exibição gratuita ao público, que também poderá conferir documentários exclusivos que contextualizam aspectos social, cultural e criativo em torno dos artistas.

“Teremos a chance de fruir de uma arte afetiva, plural, pulsante, e cheia de personalidade, por meio das formas, cores e temáticas de obras que reverenciam paisagens naturais, arquitetônicas e humanas do nosso país, com histórias contadas pelas mãos que repetem e reinventam técnicas e narrativas aprendidas com mães, avós e antepassados”, afirma Josiane Masson, diretora da Artesol e curadora da exposição. 

O evento funcionará também como uma feira para a comercialização das obras, com os interessados comprando diretamente dos artistas. A programação contempla, ainda, rodas de conversa abertas ao público, com participação dos artistas e mediação do antropólogo Ricardo Lima. No dia 3 de setembro haverá uma roda de conversa com especialistas da área – entre eles, a pesquisadora Adélia Borges e a diretora do Museu do Pontal, Ângela Mascelani. 

Para Marco Aurélio Pulchério, cocurador do projeto, “o trabalho dessas pessoas mantém viva a tradição dos fazeres artesanais, perpetua e transmite saberes por meio de um ofício, e promove a inclusão socioprodutiva, o empreendedorismo baseado no comércio justo, e, sobretudo, o protagonismo desses artistas, muitos dos quais vem de comunidades quilombolas, indígenas e ribeirinhas”. 

No mesmo período, logo em frente ao State, a SP–Arte Rotas Brasileiras toma conta da ARCA para realizar sua segunda edição. Na ocasião, serão apresentados 70 expositores que traçam narrativas e perspectivas sobre a arte brasileira. A feira oferece ainda audioguias temáticos produzidos por curadores convidados, que estarão disponíveis no Spotify, visitas guiadas e conversas com artistas. 

Com foco em projetos solos ou coletivos selecionados pela curadoria, Rotas Brasileiras acontece anualmente, acompanhada por uma programação de rodas de conversa, lançamentos editoriais e outros eventos. Para esta edição, a diversidade brasileira é espelhada na seleção de artistas e obras de 5 regiões do país, como Ayrson Heráclito (Paulo Darzé), selecionado para a 35ª Bienal de São Paulo, artista que incorpora elementos da cultura afro-brasileira em suas obras; Erika Verzutti (Fortes D’Aloia & Gabriel), que explora novos caminhos para escultura; Heitor dos Prazeres (Almeida & Dale), que retratou o samba, o carnaval e a vida nos subúrbios cariocas; Jaider Esbell (Millan) e sua cosmologia indígena, entre tantos outros. 

Já o Museu da Imagem e do Som (MIS) apresenta 47 cliques da fotógrafa ítalo-queniana Mirella Ricciardi feitos durante suas viagens a comunidades indígenas da Amazônia nos anos 1990, período de ameaças à integridade do meio ambiente e dos direitos indígenas. 

Sob a curadoria da filha da artista, hoje com 92 anos de idade, Amina Ricciardi, e do jornalista Leão Serva, a exposição “Mirella Ricciardi: Homenagem aos Povos da Amazônia” abre no dia 31 de agosto e terá todas as fotografias doadas para o acervo permanente do MIS.  Trechos do documentário produzido por Ricciardi para a série “Video Diaries” da BBC britânica, durante a viagem às comunidades indígenas também serão exibidos na exposição.

Serviço:
Feira-Exposição Arte dos Mestres 
Realização: Artesol | Patrocínio: Instituto Cultural Vale 
Local: Espaço State – Avenida Manuel Bandeira, 360 – Vila Leopoldina, São Paulo/SP 
Período: 30 de agosto a 3 de setembro de 2023 
Horários: quarta-feira, das 12h às 19h; quinta a domingo, das 11h às 19h.
Entrada gratuita. Mais informações em www.artesol.org.br

SP–Arte Rotas Brasileiras 2023
Local: ARCA – Av. Manuel Bandeira, 360 – Vila Leopoldina, São Paulo, SP 
Período: 30 de agosto a 3 de setembro de 2023 
Horários: quarta-feira, apenas para convidados; quinta, das 14h às 19h; sexta e sábado, das 12h às 19h; domingo, das 11h às 18h.
Ingressos disponíveis na bilheteria onlineMais informações em www.sp-arte.com/rotas-brasileiras 

Mirella Ricciardi: Homenagem aos Povos da Amazônia 
Local: Av. Europa, 158 – Jardim Europa, São Paulo, SP 
Período: 31 de agosto a 8 de outubro de 2023 
Horários: terças a sextas, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 18h.
Entrada gratuita. Mais informações em www.mis-sp.org.br