Mercado da logística deve atingir 645 milhões de reais até 2029
Mercado da logística deve atingir 645 milhões de reais até 2029

O mercado logístico no Brasil deverá atingir 129,3 bilhões de dólares até 2029. Em conversão direta, esse valor representa cerca de 645 bilhões de reais. É o que aponta uma pesquisa realizada pela empresa americana Mordor Intelligence.

Estes dados promissores indicados pelo estudo propõem às indústrias brasileiras o desafio de acompanhar o desenvolvimento do setor, mais especificamente diante das novas tecnologias que surgem a cada dia como o uso de soluções em IoT (Internet das Coisas), Inteligência Artificial (IA) e Logística 4.0.

“Em um cenário adequado, a adaptação desses atores do mercado logístico tem como objetivo a realização de um planejamento assertivo em todas as etapas da cadeia logística, visando maximizar os lucros”, destaca Jazeel Santos, diretor da divisão logística do Grupo GPS.

Para o executivo, a integração de todo esse processo, desde o recebimento de mercadorias até a entrega final ao consumidor, reduz os tempos de cada etapa, diminui os estoques e proporciona às empresas uma flexibilidade essencial para lidar com as mudanças na demanda.

Tecnologia exclusiva:

Assim como as demais áreas, o ambiente da indústria também está cada dia mais digitalizado, demandando mais investimentos em alta conectividade, inovações tecnológicas e transformação digital.

De acordo com o executivo, o Grupo GPS conta com um sistema exclusivo de gestão, desenvolvido para gerenciar as operações e realizar o apontamento dos serviços prestados. O sistema consegue mostrar ao cliente se o que foi planejado está sendo realizado, em quanto tempo e por quantas pessoas. Se uma tarefa não for realizada, ela é escalonada, ou seja, o superior ficará encarregado de resolvê-la.

As plataformas e recursos digitais oferecidas pela empresa incluem ainda veículos inteligentes com abastecimento autônomo e tecnologias para automação de armazéns. Essas tecnologias são projetadas para aumentar a eficiência operacional, otimizar o espaço disponível e acomodar o maior número possível de produtos.

Logística Integrada 4.0:

A Logística 4.0 é uma abordagem avançada de gerenciamento de cadeia de suprimentos que combina não só tecnologias e inovações. Ela envolve poder de adaptabilidade por parte dos gestores de uma operação logística, seja pelos desafios específicos exigidos em cada operação ou pelas características intrínsecas a cada tipo de indústria.

Outro ponto fundamental a se observar na Logística Integrada 4.0 é a capacidade de análise de performance impulsionada por tecnologias de rastreamento e sistemas de gestão integrada, inteligência artificial, robótica e big data.

“Quando conseguimos ter a garantia de que todo o processo logístico está integrado por empresas que compartilham entre si as mesmas tecnologias e as mesmas metodologias processuais, temos a transparência pleno do processo todo. E eventuais ajustes que contribuam para otimização de performance e ganhos significativos de resultados são feitos com uma rapidez impressionante. É como uma corrida de revezamento onde todos sabem exatamente onde, quando e como o bastão deve mudar de mãos”, conclui Jazeel Santos.

A tecnologia está transformando a forma como as indústrias lidam com as demandas logísticas. A Logística 4.0, com sua abordagem integrada e avançada, oferece uma série de benefícios para as empresas, como aumento da produtividade, redução dos custos, melhoria da eficiência e flexibilidade para lidar com as mudanças na demanda.

O download completo da pesquisa pode ser baixado neste link:https://www.mordorintelligence.com/industry-reports/brazil-freight-logistics-market-study