A AOP Orphan Pharmaceuticals GmbH (AOP Health), Viena, Áustria, anunciou os resultados de uma análise que avalia o impacto de um regime de dosagem individualmente otimizado de ropeginterferon alfa-2b na resposta ao tratamento em pacientes com policitemia vera (PV)1 de baixo risco.1 Esses novos dados mostram que alguns pacientes com PV de baixo risco requerem e podem tolerar altas doses de ropeginterferon alfa-2b, e que a dose ideal varia substancialmente entre os pacientes.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20231207420678/pt/

Professor Heinz Gisslinger, MedUni Vienna/Austria (Fotocredit: IntMedCom)

Professor Heinz Gisslinger, MedUni Vienna/Austria (Fotocredit: IntMedCom)

O primeiro autor do resumo, o Professor Heinz Gisslinger, da Universidade de Medicina de Viena/Áustria, e sua equipe de pesquisa realizaram esta análise na coorte de pacientes com PV de baixo risco do grande estudo PROUD-PV e sua extensão CONTINUATION-PV. O objetivo foi examinar o impacto de várias características de linha de base, como o índice de massa corporal, como também os níveis de dose otimizados individualmente de ropeginterferon alfa-2b na resposta hematológica completa (RHC), o estado em que as contagens de células sanguíneas voltaram ao normal, aos 12, 24 e 72 meses.1

“Os resultados dessa análise ampliam a profundidade dos dados e acrescentam evidências clinicamente relevantes e importantes que podem apoiar os profissionais de saúde em suas decisões de tratamento”, conclui Gisslinger.

1 Gisslinger H et al. Individualized dosing of ropeginterferon alfa-2b ensures optimal response in patients with low-risk polycythemia vera (PV). ASH 2023, Resumo nº 4563 (https://ash.confex.com/ash/2023/webprogram/Paper173499.html)

Sobre a policitemia vera

A Policitemia Vera (PV) é um câncer raro das células-tronco formadoras de sangue na medula óssea, resultando em um aumento crônico de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas. Essa condição aumenta o risco de distúrbios circulatórios, como trombose e embolia; seus sintomas levam a uma redução na qualidade de vida e, a longo prazo, podem progredir para mielofibrose ou transformar-se em leucemia. Enquanto o mecanismo molecular subjacenteàPV ainda está sendo intensamente pesquisado, os resultados atuais indicam células-tronco formadoras de sangue na medula óssea com um conjunto de mutações adquiridas, sendo a mais importante uma forma mutante de JAK2 que constitui o clone maligno.

As metas importantes do tratamento com PV são alcançar contagens sanguíneas saudáveis (hematócrito abaixo de 45%), melhorar a qualidade de vida e retardar ou atrasar a progressão da doença.

Sobre a AOP Health

O AOP Health Group incorpora várias empresas, incluindo a AOP Orphan Pharmaceuticals GmbH, sediada em Viena, Áustria (“AOP Health”). O AOP Health Group é o pioneiro europeu em terapias integradas para doenças raras e em cuidados críticos. Ao longo dos últimos 25 anos, o Grupo tornou-se um fornecedor estabelecido de soluções terapêuticas integradas, operando a partir de sua sede em Viena, suas subsidiárias e representações em toda a Europa e no Oriente Médio, como também por meio de parceiros em todo o mundo. Esse desenvolvimento foi possível devido a um nível contínuo de investimento em pesquisa e desenvolvimento, por um lado, e uma orientação altamente consistente e pragmática em relação às necessidades de todos os seus stakeholders, por outro – especialmente os pacientes e suas famílias, bem como os profissionais de saúde que os tratam.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Mais informações

DI Isolde Fally

AOP Orphan Pharmaceuticals GmbH

Membro do Grupo AOP Health

Isolde.Fally@aop-health.com

+43-676-500 4048

Fonte: BUSINESS WIRE