Prefeitos pedem regionalização do aeroporto de Socorro (SP)
Prefeitos pedem regionalização do aeroporto de Socorro (SP)

O Consórcio Circuito das Águas Paulistas (Cicap), que reúne os prefeitos dessa região turística de São Paulo, vai solicitar a regionalização do aeroporto de Socorro. Pela definição da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), aeroportos regionais são aqueles com infraestrutura adequada para receber aeronaves que fazem ligação com grandes centros urbanos.

Em outras palavras, o objetivo é permitir a vinda de voos comerciais de outras cidades. Com isso, pretende-se fomentar o turismo em toda a região, estimulando geração de empregos e a atração de investimentos, como afirmou o prefeito de Socorro, Ricardo Lopes, em matéria publicada no site da prefeitura.

Além de Socorro, as seguintes cidades integram o Circuito das Águas Paulistas: Águas de Lindoia, Amparo, Holambra, Jaguariúna, Lindoia, Monte Alegre do Sul, Pedreira e Serra Negra. Os atrativos turísticos são variados e incluem de águas termais e ecoturismo a esportes radicais.

Um circuito altamente turístico

Socorro é um dos 19 municípios do estado de São Paulo que são considerados estâncias hidrominerais, o que garante à municipalidade uma verba maior por parte do governo estadual para a promoção do turismo regional. Da mesma forma, Águas de Lindoia oferece mais de 30 atividades de lazer entre banhos de imersão, massagens, piscinas de água mineral e banho de argila. Já Pedreira é conhecida como a “capital da porcelana” por seu extenso comércio focado nesse nicho, tendo também atrações naturais.

Outro destaque no Circuito das Águas é Holambra, localizada a aproximadamente 130 quilômetros da capital paulista. “Conhecida como a ‘cidade das flores’, Holambra abriga o maior centro de exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, a Expoflora, atraindo turistas com seus belos campos de flores e eventos relacionados à floricultura”, explica Izabela Andrade, CEO e fundadora do blog Mundo Viajante.

A edição 2023 da Expoflora estimou o seu público em 400 mil visitantes, segundo o site oficial do evento. A título de comparação, o número é cerca de 27 vezes maior do que a população de 15 mil pessoas residentes na cidade, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além da Expoflora, Holambra chama a atenção dos visitantes com outras atrações. Entre elas, estão os passeios holandeses e o Moinho de Povos Unidos, considerado o maior moinho típico de grãos da América Latina. A estrutura tem 38 metros de altura, praticamente o mesmo tamanho do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro (RJ), informa o site da prefeitura local. No monumento, há um mirante em que os turistas podem subir e ter uma vista privilegiada da cidade.

Na visão de Andrade, caso a regionalização do aeroporto de Socorro (localizado a 80 km de Holambra) realmente se concretize, todas as cidades que integram o Circuito das Águas serão beneficiadas com uma “facilitação do acesso, conquistando, assim, mais visitantes e consequentemente aumentando a receita turística de hotéis e pousadas em Holambra, Socorro e as demais cidades da região”.

Para saber mais, basta acessar: http://www.mundoviajante.com e acompanhar o @blogmundoviajante no Instagram.