Bahia tem aumento de 36% nos voos internacionais, diz Setur
Bahia tem aumento de 36% nos voos internacionais, diz Setur

O Aeroporto Internacional de Salvador Luís Eduardo Magalhães, na Bahia, tem apresentado um aumento da malha aérea internacional nesta temporada de verão. Os voos internacionais destinados à capital baiana aumentaram 36% e o fluxo de passageiros vindos do exterior cresceu 38%.

Os dados foram obtidos através da análise e previsão das operações no aeroporto no período de 15 de dezembro do ano passado até 31 de janeiro deste ano, em resultado de acordos e medidas adotadas pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA), companhias de aviação e a Vinci Airports, administradora do aeroporto.

Um dos destaques ficou por conta do aumento de voos para destinos como Montevidéu (Uruguai), que cresceu 189%; Madri (Espanha), com aumento de 54%; Buenos Aires (Argentina), com 20%; e Lisboa (Portugal), com 4%. 

Entre as novidades apresentadas na malha aérea internacional de Salvador durante o período está a abertura de uma rota de Santiago, no Chile, com escala em Montevidéu, além do início de voos fretados de Varsóvia, na Polônia.

Para Felipe Oliveira Pedreira, proprietário da agência de viagens Bahia Terra Turismo, o crescimento das viagens internacionais para Salvador é fruto da ampliação da divulgação da Bahia como destino turístico no exterior.

“Temos um estado com dimensões de um país e possuímos destinos exuberantes como Salvador, Morro de São Paulo, Barra Grande, Boipeba, Chapada Diamantina entre outras opções”, disse Pedreira.

Para o especialista, o poder público e privado precisa priorizar a divulgação dos destinos turísticos da Bahia no exterior a cada ano para que este crescimento ocorra com mais intensidade.

No início deste ano o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), com a participação da Setur-BA, lançou a campanha de divulgação do destino Brasil na capital da Espanha. O voo Madri-Salvador tem importância estratégica para o turismo brasileiro por apresentar 91% de ocupação, conectar com outros destinos europeus e ser o único voo direto do nordeste do país para a cidade espanhola.

Turismo que movimenta a economia

Em estimativa realizada pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA), turistas estrangeiros que vão para a Bahia gastam, em média, 17 mil reais por semana considerando valores de hospedagens, transporte municipal e intermunicipal, gastronomia, passeios turísticos e outros serviços.

De acordo com dados da Embratur, cerca de 8% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil corresponde ao turismo. Para Pedreira, a Bahia se destaca entre os destinos nacionais devido a diversidade cultural e ambiental.

O empresário também destaca que a energia da receptividade do povo baiano e o Carnaval de Salvador faz com que o estado seja mais procurado por turistas estrangeiros como destino de viagem.

A Setur-BA espera este ano um aumento de 26% no número de voos no aeroporto de Salvador durante o Carnaval, em comparação ao mesmo período de 2023, com um crescimento de 22% na oferta de assentos. Além da malha internacional, destinos nacionais como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Recife, Fortaleza, Vitória, Curitiba e Porto Alegre aparecem como principais polos emissores de turistas para a capital baiana.

Para saber mais, basta acessar: www.bahiaterra.com