O perfil nas redes sociais da EMEFI “Professora Maria Jacomino Vendito”, do Jardim Planalto, de Botucatu, fez uma homenagem a professora Marcela Hebeler Barbosa, de 41 anos, que foi encontrada morta nesta segunda-feira, 31, em sua casa no Residencial Maria Luiza.

“É com muita tristeza que comunico o falecimento da nossa querida professora de história Marcela Hebeler Barbosa.  Quero guardar a lembrança da pessoa linda, humilde, inteligente, poetisa, escritora, uma querida que amava seus gatinhos e gastava tudo e mais um pouco com os seus peludinhos. Ma, que você seja recebida no céu pelos anjos de braços abertos. Sentiremos muito a sua falta. Obrigada por todo carinho comigo, você escolheu terminar os seus dias na nossa escola. Vá em paz minha querida! Que Deus te conceda o caminho da luz! Bom descanso! Te amamos!”, postou o perfil da escola.

De acordo com o Boletim de Ocorrência da Polícia Civil, o corpo foi encontrado na residência na Rua Francisco Pedro do Canto, no Maria Luiza, e estava em avançado estado de decomposição. A GCM foi chamada pelo cunhado da vítima, após vizinhos notarem a ausência de Marcela nos últimos dias. A casa, que estava fechada, foi aberta através de uma chave reserva que ficava com familiares. O corpo foi encontrado no chão da sala.

O sepultamento de Marcela foi realizado nesta terça-feira, 1 de fevereiro, no Cemitério Jardim, às 10 horas.

Botucatu: Mulher é encontrada morta dentro de casa, no Maria Luíza. Corpo estava em decomposição

 

Jornal Leia Notícias