Nesta terça-feira, (4) , uma operação policial foi realizada pela Delegacia de Investigações Gerais de Botucatu – DIG com o objetivo de combater um crime de estelionato. Durante a operação, os policiais receberam informações de que uma transação suspeita estava ocorrendo em um hotel na cidade de Botucatu, envolvendo a vítima que carregava uma grande quantia em dinheiro, e estelionatários que afirmavam possuir uma máquina capaz de duplicar cédulas com fidelidade, em um golpe conhecido como “Golpe da Guitarra”.

Os investigadores surpreenderam os criminosos no hotel, e estes confessaram imediatamente o delito. No local, foi encontrada uma máquina que aparentava ser capaz de duplicar dinheiro, bem como materiais utilizados em seu funcionamento, como cédulas em branco e componentes químicos. Os dois investigados são originários de países estrangeiros, sendo um de Camarões e o outro da Nigéria.

Os suspeitos foram encaminhados ao primeiro Distrito Policial de Botucatu e apresentados à Autoridade Policial para as providências de Polícia Judiciária.

A operação foi realizada com sucesso no combate ao crime de estelionato, visando proteger a vítima e coibir atividades ilegais relacionadas à falsificação de dinheiro. As investigações continuam para identificar outras possíveis pessoas envolvidas e desvendar o funcionamento do golpe. A população é alertada a ficar atenta a esse tipo de crime e a denunciar atividades suspeitas.