A memória, a história e o patrimônio cultural de Botucatu são temas do bate-papo que será realizado na Pinacoteca de Botucatu, no próximo sábado (12), a partir das 15 horas. A participação é aberta à comunidade.

O evento será conduzido pelo historiador, Marco Alexandre de Aguiar, doutor em história e coordenador da Diretoria de Ensino de Botucatu.

“Trata-se de uma exposição sobre patrimônio histórico, baseada no livro “Botucatu Imprensa e Ferrovia”, lançado em 2001 e reeditado e relançado em 2016”, explica Marcos.

De acordo com o historiador, Botucatu será abordada desde o contexto da fundação até 1963, ano da greve ferroviária.

A apresentação explora desde temas como o Caminho do Peabiru, que saia do litoral do estado de São Paulo em direção ao Oceano Pacífico, passando por Botucatu. As primeiras escolas, a fazenda jesuítica, o desenvolvimento da cidade até o movimento ferroviário que era comandado por um botucatuense, membro do partido comunista que esteve na antiga URSS, durante a época (1963).

O evento é aberto à comunidade e promovido por Cleber Bertero com apoio da Secretaria de Cultura e Pinacoteca.

Bate Papo Histórico: Memória, História e Patrimônio Histórico Cultural de Botucatu
Data: 13 de março de 2022 – sábado.
Horário: 15 horas
Entrada Grátis

Mais informações: (11) 9949-43705 (Falar com Cleber Bertero)

 

 

Assessoria