Fachada da Câmara Municipal de Botucatu | Foto: Divulgação CMB

A Câmara de Botucatu entrou oficialmente em recesso parlamentar até o próximo dia 31 de julho. Com isso, as duas próximas sessões ordinárias estão suspensas oficialmente. Em caso de convocação poderão ocorrer reuniões extraordinárias.

Mesmo com a suspensão das sessões, os trabalhos administrativos e burocráticos prosseguem. No entanto, alguns projetos serão analisados somente com a retomada das atividades parlamentares, em 2 de agosto.

Entre as propostas que foram postergados para o próximo semestre estão o que altera o atual Regimento Interno da Casa de Leis. Na proposta, haverá modificações significativas na duração das sessões, tempo de discurso dos vereadores e outros trâmites burocráticos.

Já o projeto de lei 28/2021, de iniciativa do vereador Silvio, pretende ampliar as proibições ao tabagismo na cidade, incluindo locais como pontos de ônibus. Uma emenda apresentada pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação também está em votação.

As duas propostas, que foram analisadas na sessão de 12 de julho, foram adiadas devido ao pedido de vistas do vereador Abelardo (Republicanos).

Notícias Botucatu