O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é celebrado anualmente em 18 de maio.  Em Botucatu, o CRAMI (Centro Regional de Registro e Atenção aos Maus Tratos na Infância), atua desde 1988, visando a assistência integral, atuando diretamente na prevenção e combate a violação de direitos de crianças e adolescentes. Desde 2002, o CRAMI Botucatu realiza campanhas preventivas no combate a exploração sexual infanto-juvenil.

Os pais e responsáveis devem ficar atentos se a criança é vitima de violências. Mesmo sem marcas físicas, mudanças de comportamentos costumam ocorrer, como mudanças dos hábitos alimentares (perda de apetite ou compulsão alimentar), afastamento da família e amigos, tristeza, agressividade, dificuldades de aprendizagem e comportamento erotizado, podem ser indícios de violência.

A violência sexual se caracteriza ao forçar, induzir ou incentivar a criança ou adolescente a algum ato de cunho sexual. Nem sempre a violência ocorre quando há apenas contato físico. Envio de imagens e vídeos de conteúdo inadequado ou que expõe a criança também são considerados violência.

Em caso de suspeita, qualquer um pode ajudar denunciado através dos números (14) 3882-6555 (CRAMI), (14) 3811-1408 (Conselho Tutelar) ou Disque 100, que funciona diariamente, inclusive aos finais de semana e feriados. As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita ou pelo endereço eletrônico: [email protected].

 

Comunicação