Uma família residente no Distrito de Rubião Júnior, em Botucatu, vive momentos de angústia desde o desaparecimento de Kauane Vitória Gagliano Leme, de 17 anos, que sumiu no dia 5 de dezembro após sair do portão de sua casa para receber um dinheiro e não foi mais vista.

Segundo relatos da mãe de Kauane, Neide, a filha estaria na companhia de um homem chamado Lucas, natural de Sergipe. Lucas, que trabalhava na colheita de laranja na região, já foi vizinho da família por um período, mas posteriormente mudou-se para viver com colegas de trabalho em um local conhecido como “Dispensa”.

Neide conta que recebeu informações de que Kauane e Lucas teriam se dirigido para o estado de Minas Gerais. A mãe da adolescente está desesperada e não tem certeza se a filha foi levada à força ou se decidiu acompanhá-lo por vontade própria.

A família já acionou as autoridades policiais, e as investigações estão em andamento para localizar a jovem desaparecida. Neide faz um apelo à comunidade local e a todas as pessoas que possam ter informações sobre o paradeiro de Kauane para que entrem em contato com a polícia.

Qualquer informação relevante pode ser repassada anonimamente através do Disque Denúncia, no número 181.