Fachada da Câmara Municipal de Botucatu | Foto: Divulgação CMB
Na reunião ordinária desta segunda-feira, 26, os vereadores de Botucatu vão apreciar de forma remota três projetos de lei, dois deles de denominação de vias públicas e a proposta Orçamentária para o exercício de 2021.
A proposta (65/2020) de investimento em obras e serviços na cidade para 2021 foi fixada em R$ 422.858.850,00, seis milhões a mais do que o apresentado em 2020. conforme destacado pelo Município em Audiencia Publica na semana passada.
A receita maior ficou com a Secretaria de Educação com R$ 117.227.690,00, seguida da Secretaria de Saúde com R$ 87.852.060,99; Instituto Previdenciário – Botuprev com 53.075.000,00; Infraestrutura com R$ 42.730.000,00.
PROJETO DE LEI Nº 67/2020 – que denomina de “Eugenio Seno Filho” a “Rua 4”do loteamento Residencial Lívia III. Discussão e Votação únicas/quórum: 2/3.
3) PROJETO DE LEI Nº 68/2020 – que denomina de “Márcio José Garcia Pelares” a “Rua 03” localizada no loteamento Bem-te-vi II. Discussão e Votação únicas/quórum: 2/3.