A Polícia Militar de Botucatu emitiu hoje uma série de recomendações essenciais para a segurança residencial.

As dicas visam conscientizar a população sobre práticas preventivas para evitar possíveis incidentes em suas residências.

Exame de Credenciais e Confirmação por Telefone:
Sempre examine as credenciais de qualquer funcionário e confirme os dados por telefone com a empresa responsável. Esta medida simples pode prevenir a entrada de pessoas não autorizadas em sua casa.

Desconfiança de Serviços Não Solicitados:
Desconfie de pessoas que se apresentam para realizar serviços não solicitados. A precaução é crucial para evitar possíveis golpes ou situações de risco.

Atenção a Encomendas Inesperadas:
Evite abrir a porta para receber encomendas inesperadas, como presentes, flores ou malas diretas. Caso seja necessário atender, a recomendação é tomar todos os cuidados possíveis.

Contratação de Colaboradores:
Ao contratar colaboradores, certifique-se de obter referências que possam ser confirmadas por pessoas de confiança. Uma verificação completa, incluindo endereço e referências profissionais anteriores, é aconselhada.

Vigilância Contra Pessoas Estranhas:
Tenha a chave de sua casa em mãos antes de chegar à porta e fique atento à presença de pessoas estranhas. Conhecer a localização dos postos policiais mais próximos e ter os telefones de emergência da polícia à mão são medidas adicionais de precaução.

Objetos de Valor e Segurança:
Evite guardar valores em casa e, se optar por cofres, mantenha sigilo sobre sua existência e localização. Instalar cofres em locais distintos dos aposentos particulares é uma prática sugerida.

Contratação de Vigias e Uso de Armas de Fogo:
Não contrate vigias inexperientes e evite fornecer armas a não autorizados. A Polícia Militar destaca a importância de habilitação técnica e autorização legal para o porte de armas de fogo, desencorajando o armazenamento desses itens em casa sem treinamento específico.

Estas orientações visam fortalecer a segurança domiciliar dos cidadãos de Botucatu, contribuindo para um ambiente mais protegido e prevenindo possíveis ameaças. A Polícia Militar incentiva a disseminação dessas práticas entre familiares, amigos e vizinhos.