A Prefeitura de Botucatu vai ampliar o atendimento dos Postos de Saúde no período noturno, em todas as regiões da cidade, inclusive no centro, até as 23 horas, a partir de novembro. No próximo mês o prefeito Mário Pardini e o Secretário de Saúde, André Spadaro farão uma reunião com a OSS Pirangi, para definir a data de início do projeto denominado “Poupatempo Saúde”.
A administração vai contratar 12 novos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem que darão o atendimento nas unidades. Os PS não terão necessidades de reformas  para o novo modelo de atendimento. De acordo com Pardini mais de 50 mil novas consultas serão realizadas nessa nova modalidade de atendimento até as 23 horas.
Conforme o prefeito em entrevista serão contratados 12 novos médicos, que darão atendimento noturno nas 10 unidades selecionadas nos bairros para a viabilização do atendimento.
O prefeito contou que desde a sua posse vem trabalhando para viabilizar o atendimento noturno. Pardini entende que os chefes de família, quando chegam do trabalho no inicio da noite poderão dar atenção à saúde, por conta de uma unidade de saúde atendendo no bairro.
“Muitas vezes as doenças evoluíam para casos graves, devido a falta de tempo das pessoas em ir ao posto de saúde e agora os casos de doenças poderão ser identificadas e tratadas com o atendimento nos bairros”, afirmou.
O prefeito salientou que exames mais complexos continuarão sendo coletados e encaminhados para UNESP ou para o Ambulatório de Especialidades.
 “Mais de 90% dos casos dos Pronto Socorros são problemas que deveriam ser atendidos nos Postos de Saúde e não nos PS. Agora vamos ter no mínimo de 2 postos por região da cidade funcionando a noite, um esforço importante que ajudará a melhorar a qualidade do atendimento de saúde e reduzir os problemas que temos atualmente no Pronto Socorro Adulto e Infantil, com a divisão do atendimento nos bairros”. A Administração informou que vai ser programada uma ampla campanha de divulgação dos novos serviços nas unidades selecionadas.
O atendimento noturno vai acontecer a partir de novembro nos seguintes bairros: COHAB 4 e Jardim Cristina, Cecap, Bairro Alto, Vila dos Lavradores, Jardim Iolanda, COHAB 1, Jardim Aeroporto, Rubião Junior e Vitoriana. Na vila dos Lavradores o CSE da UNESP, vai atender até as 21 horas e a Policlínica, na Boa Vista até as 23h00.