Foto: Prefeitura Municipal
Os Jardins Monte Mor e Iolanda serão os primeiros a receber o programa “Botucatu: Todos Contra a Dengue” nos dias 2, 3 e 4 de maio, no final da próxima semana. A mobilização terá aproximadamente 200 servidores municipais das Secretarias de Infraestrutura, Verde, Zeladoria Municipal e Vigilância Ambiental em Saúde, além de atiradores do Tiro de Guerra e voluntários.
Eles vão recolher materiais inservíveis das casas nos dois bairros, além de vistoriarem os imóveis para combater possíveis criadouros do mosquito da dengue.
“Nossos agentes baterão de casa em casa para inspecionar as casas, realizar o combate a possíveis criadouros e orientar a população. Contamos inclusive com a boa recepção da população a esses profissionais que trabalham pelo bem da comunidade. No caso da presença de materiais inertes, os moradores deverão colocá-los na calçada, para que os caminhões passem recolhendo”, afirma o Prefeito Mário Pardini.
+ sobre o assunto
A escolha dos bairros foi tomada após o registro de um caso importado de dengue na região e a existência de outros casos suspeitos que ainda podem ser confirmados, pela Secretaria de Saúde.
Os dois bairros também estão com alta densidade larvária, conforme apurou a Vigilância Ambiental em Saúde, nos dois bairros.

 

Região Norte de Botucatu será atendida na primeira ação Todos Contra a Dengue

QUINZENALMENTE EM UMA REGIÃO DA CIDADE

Após a primeira ação contra a dengue, os enfrentamentos deverão ocorrer quinzenalmente, também em locais a serem definidos pela Vigilância Ambiental em Saúde, usando como referência, o Índice de Densidade Larvária.
É importante que a população continue atenta, não deixando recipientes com água parada sem a manutenção adequada.
Pratos de plantas, latas e potes utilizáveis, brinquedos, bebedouros de consumo animal, ralos, calhas, materiais inservíveis (latas e potes não utilizáveis, plásticos, materiais de construção) são os principais criadouros de mosquitos detectados nos imóveis.
Corpo de Bombeiros, Polícias Militar e Civil, Guarda Civil Municipal, Sabesp, CPFL e a Transportadora Phenix apoiam o programa “Todos Contra a Dengue”.

EDUCAÇÃO DO ESTADO E MUNICÍPIO FARÃO MOBILIZAÇÕES

Na última quarta-feira, 24, uma reunião com representantes das Secretarias de Educação, Comunicação e da Diretoria Regional de Ensino discutiu ações do programa “Botucatu: Todos contra a Dengue” nas escolas da Cidade.
A intenção é que através das atividades elaboradas pelos professores, os alunos aprendam a combater o mosquito Aedes Aegypti e sejam agentes multiplicadores das informações para as famílias e suas comunidades.
O Grupo de Trabalho já levantou várias possibilidades de estratégias para a campanha, que serão apresentadas em reunião no Gabinete do Prefeito na próxima semana.