As principais organizações e empresas marítimas do mundo divulgaram uma carta aberta, solicitando ao secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, que priorize urgentemente a evacuação de 331 marinheiros e 62 navios que permanecem presos em portos ucranianos.

Os 34 signatários, incluindo a Câmara Internacional de Navegação (International Chamber of Shipping- ICS), a NKY Line, a União dos Armadores Gregos, a Navegação Dinamarquesa e instituições de caridade marítimas, consideraram a situação um “risco inaceitávelàvida”.

Em fevereiro de 2022, 112 navios tripulados por mais de 2.000 marinheiros estavam atracados em portos ucranianos no Mar Negro e no Mar de Azov. Desde então, 1.700 foram evacuados com segurança e puderam retornar a suas famílias ou retornar ao trabalho de manter o fluxo do comércio mundial.

Os 331 marinheiros restantes de países como Bangladesh, Filipinas, Turquia, Síria, China, Egito, Líbano, Grécia, Indonésia, Gana, Índia, Azerbaijão e Geórgia permanecem para manter a segurança e proteger contra danos ambientais. Nenhuma outro setor possui não combatentes na área mais de um ano após o início do conflito, pois só podem sair quando os navios partirem.

Alguns dos portos onde permanecem estes marinheiros já retomaram a operacionalidade, facilitando a Iniciativa de Grãos do Mar Negro. O transporte marítimo vem sendo essencial na execução deste esforço humanitário mediado pela ONU, com equipes navegando ao longo das fronteiras da zona de conflito para garantir que o mundo continue recebendo entregas vitais de grãos. Contudo, os navios que não podem transportar grãos são excluídos e permanecem presos.

Desde o início da guerra, companhias de navegação, instituições de caridade e sindicatos pedem continuamente a evacuação segura e imediata dos marinheiros presos. Eles também trabalharam em coordenação com organizações internacionais para facilitar o esforço de evacuação, apoiaram as famílias dos marinheiros presos e forneceram provisões a eles, incluindo alimentos, água potável e suprimentos médicos.

Para marcar o aniversário de um ano da guerra na Ucrânia, a comunidade marítima enviou esta carta aberta ao Secretário Geral da ONU, Sr. Guterres, solicitando usar suas habilidades diplomáticas para evacuar os navios marítimos restantes.

– FIM –

Notas aos editores:

Sobre a ICS

A International Chamber of Shipping (ICS) é a principal associação comercial internacional voltada a operadores e armadores de comércio, representando todos os setores e comércios e mais de 80% da frota comercial global.

www.ics-shipping.org

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Katerina Dimitropoulos, Gerente de Comunicações da ICS

[email protected] / +44 7494 363434

Fonte: BUSINESS WIRE