Consumo no Mercado Livre de Energia cresce 10,7% em 12 meses
Consumo no Mercado Livre de Energia cresce 10,7% em 12 meses

De acordo com o mais recente boletim mensal divulgado pela Abraceel, intitulado “Boletim da Energia Livre”, foram apresentados dados surpreendentes sobre o crescimento do consumo de eletricidade no mercado livre de energia no Brasil.

O relatório revelou que, no período de 12 meses encerrado em fevereiro de 2023, houve um aumento expressivo de 10,7% no consumo de eletricidade nesse segmento. Os números indicam um total de 26.959 MW médios consumidos, o que seria suficiente para suprir todas as residências e estabelecimentos comerciais do país em uma situação hipotética em que todos tivessem a liberdade de escolher seu fornecedor de energia.

Essa liberdade de negociação de preços, prazos e condições contratuais oferecida pelo mercado livre tem impulsionado o consumo e fomentado a competitividade no setor energético.

Outro destaque do boletim é o crescimento de 17% no número de unidades consumidoras no mercado livre de energia nos últimos 12 meses. Esse crescimento significativo resultou em 4.609 novas unidades consumidoras, totalizando 32.142 unidades distribuídas entre 11.265 consumidores.

Cada unidade consumidora corresponde a um medidor de energia e reflete a escolha de um consumidor em aderir ao mercado livre, aproveitando os benefícios desse modelo de contratação.

Esse aumento expressivo no número de unidades consumidoras demonstra a crescente confiança e adesão dos consumidores ao mercado livre de energia.

Dentro do Mercado Livre de Energia, a Nova Energia, empresa de comercialização e gestão de energia elétrica, trabalha ativamente para facilitar a migração de novas unidades consumidoras, como verificar elegibilidade e acompanhar todo o processo.

Para saber mais sobre o Mercado Livre de Energia e como ele funciona, o eBook “Entenda o Mercado Livre de Energia” está disponível gratuitamente para download no link: https://materiais.novaenergia.com.br/ebook_mle

@novaenergiacom para acompanhar o mercado de energia e as novidades do setor.