Maria Romildes Souza, do Monte Mor
Segundo as investigações os disparos foram realizados por apenas uma pessoa, o garupa da moto. A arma usada foi um calibre 38.
A mulher que faleceu aos 40 anos, foi mortalmente atingida por 4 tiros, dos mais de 10 que recebeu.
A DIG investiga várias teses, desde problemas com bandidos do bairro, como problemas familiares. A Policia Civil não deu detalhes alegando prejudicar as investigações em andamento.
“Estamos investigando motivações e autoria do crime. A DIG está empenhada na investigação do crime que aconteceu ontem e causou comoção e preocupação na sociedade. O Dr. Geraldo (Franco) está dedicando atenção ao caso e tem uma linha de investigação para chegar aos autores e o motivo”, afirmou o Delegado Seccional de Botucatu, Lourenço Talamonte, em entrevista a Jayme Contessote Junior, na Radio Clube FM

 

DIG registra 2º assassinato em Botucatu. Rapaz foi esfaqueado na Cohab I