Edil Gomes ao centro com lideranças do Congresso Brasileiro | Fotos: Divulgação
O jornalista e empresário do setor gráfico, Edilberto Gomes, conhecido pelo talento na diagramação de jornais e revistas e pelos hobbys de saxofonista e colecionador de moedas, mapas e objetos antigos, lançou no inicio do mês o livro “Manual de erros em moedas”, que está sendo muito elogiado pelos entusiastas.
No livro lançado  em dezembro, Edil Gomes reuniu erros ‘inocentes’ e ‘graves’ da Casa da Moeda do Brasil e que não foram descartados no momento da cunhagem do dinheiro e foram colocados em circulação. A publicação tem centenas de ilustrações e fotos do autor e de colecionadores que cederam itens de suas coleções.
“O livro inclui algumas curiosidades para ir quebrando a leitura, com ilustrações explicativas. Na catalogação das anomalias os erros foram divididos em erros no disco, de matriz e na cunhagem, incluindo alguns outros tipos que poderiam gerar confusão”, afirma.

150 PÁGINAS E 1,2 MIL EXEMPLARES

A publicação já é um sucesso já no lançamento. Logo após o anuncio do lançamento do livro, colecionadores de todo o país, reservaram um exemplar da publicação. Inicialmente Edil Gomes iria publicar 300 exemplares, porem a primeira tiragem saiu com 1,2 mil cópias.
O “Manual dos Erros em Moedas” tem 150 páginas, impressas em papel couchê, detalhando o processo de produção de moedas, classifica os erros e quando ocorreu e o leitor pode comparar nas imagens os erros em moedas de 40 colecionadores que forneceram seus preciosos materiais.
O livro com mais de 200 fotos foi lançado no Hotel Jaraguá, em São Paulo, no ultimo dia 12 de dezembro, durante congresso brasileiro de Numismática. Quem se interessar pela publicação pode encaminhar e-mail para [email protected]
O jornalista botucatuense vai fazer também a diagramação da “Revista Brasileira de Numismática”, a mais importante publicação e guia sobre selos, cédulas e moedas do Brasil.