Cida Franco - foto: Rede Social
O PT e o PCdoB terão de indicar uma nova candidata a vice-prefeita, devido ao indeferimento da candidatura da indicada pelo PCdoB, a assistente social Cidinha Franco. Segundo apurou a reportagem, a coligação “Juntos com a Força do Povo” não encaminhou todos os documentos necessários para o registro oficial da candidatura ou apresentou documentos incompletos, conforme a Justiça Eleitoral e acabou perdendo os prazos regulares determinados pela Justiça Eleitoral.
Conforme apurou a reportagem, o PT e o PCdoB não teriam tomado conhecimento dos avisos feitos pela Justiça Eleitoral desde o inicio de outubro, (dia 3), referente a necessidade de apresentação de documentos que estavam sendo solicitados, no portal da Justiça Eleitoral. Os membros da coligação só se manifestaram sobre o problema nesta semana, quando o prazo já havia vendido.
Na tarde de terça-feira,13, ocorreu um encontro entre as lideranças do PCdoB e PT para discutir a falta de documentação. Houve um contato com a Justiça Eleitoral, onde os dirigentes dos dois partidos foram informados do vencimento de prazo para a regularização da documentação e sobre a necessidade de substituição do nome de vice.
Não há até o momento nenhuma informação sobre o procedimento que será feito para regularização da candidatura de Priscila Firmino, que está devidamente registrada. Nos meios proximos ao PCdoB circula a informação de que o partido está analisando nomes para substituição.
Cidinha Franco desde o início da campanha se colocou à disposição da candidatura e teria apresentado todos os documentos que foram solicitados pelas coordenações de campanha. Ela não tem nenhuma condenação publica ou privada e só não foi homologada devido a falha no registro de candidaturas pela coligação.