Uma família de Botucatu está passando por momentos de grande preocupação em relação aos estado de saúde da Dona Lúcia, uma senhora de 56 anos que sofreu um AVC enquanto estava em Bauru e precisou ser internada às pressas em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade.

Dona Lúcia sofreu o AVC no último dia 15 e desde então a família busca uma vaga no Hospital das Clínicas de Botucatu, para que ela receba um melhor atendimento. O estado dela é grave, mas na UPA não pode ter o atendimento necessário.

Os familiares estão acampados na frente da UPA em Bauru, aguardando informações e uma vaga para Dona Lúcia no Hospital de Botucatu.

“Já se foi mais um dia e se inicia uma nova noite, tão perto e ao mesmo tempo tão longe, por mais que estejamos abatidos a fé e esperança continua inabalável, apesar dos obstáculos e barreiras que estamos enfrentando aqui fora, notícias desanimadoras, a sua fé e vontade de viver nos motiva a lutar aqui do lado de fora. Vamos juntos vencer, você aí dentro e nós aqui fora passaremos quantos dias e noites forem preciso para te ter aqui conosco. Gratidão a todos que de alguma forma estão nos ajudando a enfrentar isso. Peço que continuem com as orações e pensamentos positivos, por que logo notícias boas virão. Temos fé”, postou Polliana Neves, nora da mulher.

Em função da pandemia da Covid-19, os hospitais estão superlotados, sem vagas em suas UTIs.

 

Botucatu Online