Embora não tenha feito divulgação, a Prefeitura de Botucatu informou que concluiu processo licitatório na semana passada, com o objetivo de ampliar e melhorar o atendimento a animais domésticos, especialmente a cães e gatos na Cidade.
Agora, o serviço de castração de cães e gatos será realizado por duas clínicas veterinárias do Município, contratadas através de Ata de Registro de Preço. Em 2017, o repasse do Poder Público para a castração de cães e gatos foi de aproximadamente R$140 mil a duas associações, que ficavam responsáveis pelo serviço.
“A causa animal é uma questão que estudamos desde o primeiro dia de mandato. Conseguimos uma grande melhoria com essa licitação, já que faremos quase 20% a mais de castrações do que fizemos no último ano e com um preço menor, sem perder a qualidade do serviço”, afirma o Prefeito Mário Pardini.
Para 2018, a Prefeitura contratou 1,6 mil castrações (600 para gatos, 700 para cães de até 15 kg e mais 300 para cães acima de 15 kg).
O valor despendido para essa maior quantidade de castrações será ainda menor do que o destinado no ano passado.
“Nós acreditamos que esse é um passo importante para o controle populacional de cães e gatos, especialmente os que são errantes na Cidade. Medidas como essa, atreladas a campanhas educativas de posse responsável com certeza nos ajudam na questão da causa animal”, afirma Ondina Giudice Fontes, presidente da Associação de Proteção aos Animais em Botucatu, a APA.
Outro diferencial é que, além das ONGs, que geram uma demanda expressiva para esse tipo de serviço, o Poder Público vai ainda ajudar na triagem e encaminhamento desses animais, através dos CRAS e da Vigilância Ambiental em Saúde.
Não foi divulgado o nome das clinicas que darão o serviço de castração na cidade.