A Sabesp inicia nesta quarta-feira, 14, os serviços de substituição de uma antiga adutora de ferro na Avenida Floriano Peixoto, responsável pelo abastecimento de água da região Central de Botucatu.
A obra vai melhorar e reforçar o subsistema que atende cerca de 250 ligações de água, com benefício direto a mais de mil pessoas, moradores dos bairros Vila São Lúcio, Vila São Luiz, Recanto Azul, Vila Sorocabana, Jardim Bom Pastor e Vila Paraíso.
Para realizar a substituição será necessário desativar a antiga adutora no trecho que vai da Avenida Santana, na altura do número 129, percorre a Avenida Floriano Peixoto até o pontilhão da Fepasa, na rua Major Matheus, altura do número 9.
A previsão é de que os trabalhos sejam realizados em até 90 dias, sem considerar ocorrências de chuvas e outras intercorrências que possam prejudicar o andamento e o planejamento dos serviços.
As interligações às redes existentes e as intervenções na linha que afetem o abastecimento serão feitas à noite e de madrugada, para que o fornecimento inicie seu processo de restabelecimento gradativo já nas primeiras horas do dia, reduzindo os transtornos à população.

R$ 114 mil

Segundo o superintendente da Unidade de Negócio Médio Tietê da Sabesp, Mauricio Tápia, como a rede é antiga, havia frequentes rompimentos, implicando em perdas d’água e impacto no tráfego de veículos. Serão investidos mais de R$ 114 mil nas obras.
A nova adutora, com 285 metros e 20 centímetros de diâmetro, será construída a partir da Avenida Santana, passando pela Rua Tiradentes até o ponto de interligação ao sistema existente na Rua Maria Rosa Santiago.
Haverá prolongamento de 496 metros de redes de distribuição da calçada e no bolsão de estacionamento da Avenida Floriano Peixoto. Ainda será executada uma travessia de rede que cruzará a Avenida Floriano Peixoto no sentido da Avenida Paula Vieira.
Para realizar as intervenções – que são complexas devido ao porte da adutora – haverá necessidade de interdição parcial de tráfego de veículos nos trechos mencionados. Para amenizar os transtornos, as interdições e desvios de tráfego de veículos serão previamente comunicados à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semutran). As interdições foram previamente tratadas pela Sabesp junto à Prefeitura.

 

Por conta dos serviços, durante o período de manutenção, a Sabesp pede aos moradores da região que economizem água evitando desperdícios, pois a recuperação do abastecimento poderá ocorrer de forma gradual.

 

(da assessoria)