Aniversário do Luiz Melodia.
Só soube depois da coluna estar no ar.
O negro gato do Estácio que espalhou sua voz linda por várias gerações.


Tenho uma história do começo de 1991.
Melodia veio fazer um show no ginásio do BTC.
Promovido pela zootecnia, foi um fracasso de público.
Eu trabalhava no Convivium, Espaço Cultural Francisco Marins.
Na edícula moravam duas alunas da Zoo, Lola e Vaca.
Elas sabiam como eu era/sou fã.
E que não poderia ir ao show, por falta de grana e excesso de machismo controlador do marido de então.
Levaram Luiz Melodia na casa em que eu morava, na Vital Brasil.
Eu tinha acabado de mudar pra casa da minha mãe.
Meu amor por ele continuou platônico.

“Nossa o que foi  aquilo ontem no congresso dos EUA, lamentável!!! Tenho muito medo que o insano daqui tome como exemplo, já que são farinha do mesmo saco!!!
Que Deus nos proteja🙏🏼”
Cris Clementino

“Faz tempo eu quero descansar
E ver as coisas por aí
Viver conforme o que vier
Só precisar do que eu tiver
Faz tempo eu quero passear
E estar por conta de viver
Fazer o que quiser de mim
Me libertar da vida…”

Pós chuva, banho quentinho e dormir cedo.
Delícia do viver.

8 de janeiro.

Acordei cedinho.
Dia branco e fresquinho.
Acordei na tocha.
Tarefas feitas, café da manhã.
Jornal da Clube.
Hoje é dia de entrevista com o prefeito.
Mandei minha sugestão: carro de som com a voz do prefeito, pedindo pra população se proteger, reforçando o aumento da contaminação e das mortes em nossa cidade.
CPFL, transporte coletivo, concurso público, volta as aulas, foi uma hora de entrevista.
Meu áudio não foi ao ar.

Dia de aniversário de morte de Galileu Galilei.
Dia de aniversário de nascimento do Stephen Hawking.
Dois gênios.

Conhecido como pai da ciência moderna, Galileu Galilei foi um cientista, físico, astrônomo, escritor, filósofo e professor italiano que deixou legado importante em diversas áreas.

Não concluiu seus estudos de medicina,o que era desejo de seu pai, porque seu interesse estava na matemática e na física.
Seus estudos e contribuições ajudaram a influenciar e aprimorar a Matemática, a Física e Astronomia, entre outras áreas.

Considerado revolucionário à época, embora fosse muito religioso, chegou a ser perseguido, acusado e julgado por heresia pela Igreja Católica, que considerava suas teorias controversas e polêmicas.

O cientista foi pioneiro na arte de criar e desenvolver teorias acerca do funcionamento do Universo, que ajudaram nos ramos da Física e da Astronomia.
Além de ter criado um telescópio aprimorado, Galileu inventou um termômetro de água e um instrumento (espécie de relógio) para medir a pulsação das pessoas, denominado  pulsillogium.
O italiano escreveu vários livros nos quais relatava suas ideias.

Pouco antes de morrer, ele estava quase cego. Estudos sinalizam que ele ficou assim por observar as manchas solares sem proteção.
Nasceu em Piza, em 1564, e morreu em 8 de janeiro de 1642, em Arcetri, na Itália.
Salve Galileu!
( Fonte: site Brasil Escola)

“Não se pode ensinar nada a um homem; só é possível ajudá-lo a encontrar a coisa dentro de si.”
Galileu Galilei


Foi um físico teórico e cosmólogo britânico, reconhecido internacionalmente por sua contribuição à ciência, sendo um dos mais renomados cientistas do século.
Doutor em cosmologia, foi professor emérito na Universidade de Cambridge, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage.

Hawking alcançou sucesso comercial com vários trabalhos nos quais ele discute suas próprias teorias e cosmologia em geral.
Seu livro Uma Breve História do Tempo permaneceu na lista de mais vendidos do The Sunday Times durante 237 semanas. Em 2002, Hawking ficou em 25º lugar na pesquisa da BBC sobre os 100 Maiores Britânicos de todos os tempos.

Em 1963, Hawking foi diagnosticado com uma forma de início precoce da doença neuronal motora (MND; também conhecida como esclerose lateral amiotrófica “ALS” ou doença de Lou Gehrig) que o paralisou gradualmente ao longo das décadas. Mesmo após a perda de sua capacidade de falar, ele ainda era capaz de se comunicar por meio de um dispositivo gerador de fala, inicialmente através do uso de um interruptor de mão e, mais tarde, usando um único músculo da bochecha.

Hawking se descrevia como ateu.
Em algumas ocasiões, usou a palavra “Deus” em seus livros e discursos, mas, segundo ele próprio, no sentido metafórico e relativo.
Declarou que não era religioso no sentido comum, e que acreditava que “o universo é governado pelas leis da ciência”.
Hawking comparou a ciência e a religião durante uma entrevista, dizendo “há uma diferença fundamental entre a religião, que se baseia na autoridade, e a ciência, que se baseia na observação e na razão. A ciência vai ganhar porque ela funciona”.

Nascido em Cambridge, em 1942, no dia em que se comemorava os 300 anos da morte de Galileu, faleceu em 2018 na mesma cidade.
(Fonte Wikipedia)

Salve Stephen Hawking!

“O universo não é indiferente a nossa existência — ele depende dela.”
Stephen Hawking


A estrelizia em flor, iluminando a entrada da minha casa.

Dia de aniversário de duas queridas.


Letícia, minha vizinha amada, que conheci ainda menininha, filha mais velha do Vanderlei e da Rosana.
Uma mulher linda e guerreira, é a guardiã das minhas plantas, tem um sorriso maravilhoso e é a noiva amada do Tadeu.
Parabéns bunitaaaaa do meu coração!


Renata Tibúrcio.
Amiga desde os tempos do ônibus das 6 da manhã, ela ainda adolescente, eu ainda trabalhando.
Renata revolucionou ao cortar o cabelo, foi lindo, não me esqueço.
O tempo passou e a amizade ficou.
Sou sua fã, bunitaaaaa!
Parabéns, beijão!

“Posso ouvir o vento passar
Assistir à onda bater
Mas o estrago que faz
A vida é curta pra ver
Eu pensei
Que quando eu morrer
Vou acordar para o tempo
E para o tempo parar
Um século um mês
Três vidas e mais
Um passo pra trás?
Por que será?
Vou pensar…”

O dia ainda mais nublado, 10 da manhã. Partiu Ferrô.

Delícia de treino.
1 km de crawl em 33 minutos, sem câimbras.
Não consegui a passagem grátis pra volta de SP, tinha acabado.
Mas já valeu.

No centro.
Reencontrei dona Dayse e sua filha, Débora Zuccari, elegantérrima aliás.
Ela não me reconheceu.
Comentei com a Débora que sempre que passo pela casa tento vê-la.
Ela me informou que dona Dayse está morando em São Paulo.
São pessoas da minha memória afetiva de infância que, mesmo sem contato ou afinidade, me fazem emocionar.
São muitas recordações envolvendo meus pais e irmãos, outros amigos, outra Andrea. A vida anterior.

Fui buscar um novo equipamento pra minha cozinha. Aproveitei a oferta relâmpago do site e economizei um tanto de reais.
Mesmo com as liquidações das lojas de rede, achei a Amando bem caidinha.
Ressaca financeira das festas de final de ano, talvez.

Em casa.
Famélica, como sempre.
Soborô de lasanha.

Vou preparar kibe recheado pra levar na visitinha que farei pro meu irmão André e a cunhada Márcia no final da tarde.

Pro final de semana pretendo nadar, organizar mais uma parte da infinidade de coisas, curtir um pouco e ler um tanto.

Acreditando que a vacinação comece em janeiro, me sinto muito contente e grata a todos os que se empenham nessa conquista fundamental pra todos nós que habitamos o planeta.

Bom final de semana!

Para reflexão.
“No fundo de um buraco ou de um poço, acontece descobrir-se as estrelas.”
Aristóteles

Resistir sim!

Seguimos.