Sábado, dia 203.
Choveu muito na madrugada.
Eu só pensava: que chova tudo pra gente viajar, por favor!
5h saímos.
Lua minguante, céu limpo.Homenagem ao John Lennon.

Retornos.

Querida, li e ouvi toda esta publicação emocionado. Parabéns por trazer tudo isto à nossa memória. Beijos.
Nilson Antunes

Que delícia embarcar com vc em épocas que eu nem habitava esse plano, imaginando vc no meio das descoladinhas do nosso ‘Beraba curtindo tudo com seus lindos olhinhos curiosos e guardando essas memórias para sempre!!💙 Boa praia para vcs!! 😘😘
Adriana Delmanto

Aprendi hoje que a música Imagine é mais da Yoko do que do John.
Ela ensinou seu irmãozinho, que passavam   fome na guerra , a imaginar comidas.
Lindo.
Vivendo e aprendendo
E vivas para a Yoko, ativista, intelectual, do bem.
Sandra Peduti

Adorei sou fã  do John e queria uma foto da sua tia Teca. Adorei a coluna. Beijão. 💐💐💐🍻
Vital Oliveira

Que legal as playlists 😍
Tati Fernandes

Hoje assisti um documentário chamado procurando Lennon, me decepcionei muito com a história dele.
Ana Cordella

Acontece algo no mundo e as pessoas simplesmente desconhecem Beatles. So um cantor de rua conhece e comeca a fazer sucesso com as musicas do beatles.
Minha musica favorita eh a something
Ja viu aquele filme Yesterday?P
Lembra q no final ele encontra com o John Lennon, pintor, vivendo na praia.
Lica Krug

Muito legal sua homenagem ao John…fiquei feliz em dar uma contribuição. Obrigado. Beijos.
Mário Sérgio

“… só ando sozinho, e no meu caminho o tempo é cada vez menor…”

No Guarujá.

Muita prosa, cerveja e praia.
Circuito de bares da enseada enquanto mamãe descansava.
Sem panela de pressão, não rolou feijão com carnes mas teve porção de calabresa acebolada.
E muita prosa, cerveja e varanda.

Domingo, dia 204.

Com o cardápio definido, Perequê e compras.
Praia, praia, praia.
Mamãe caminhou, eu tomei vários banhos de mar.
Eles foram e voltaram.
Morro de Santa Fé.
Não conhecemos a Praia do Éden.
Carros e mais carros. Pessoas a pé.
Fica pra próxima.
Mas tivemos um orgasmo de mata Atlântica no percorrer.
Liiiiindoooooo!

Almoço de grelhados.
Silvio arrasou.
Camarões e salmão, salada e cervejas.
Tudo bem, tudo bom.
Sagu de abacaxi.
Visita do amigo amado, Nilson.
Novidades, panetone, tim tins…
Sempre bom.

Segunda-feira, dia 205.

Dia das crianças, ahhhh, filhos amados!
Quantas saudades!

Dia da padroeira, N.Sra.Aparecida, e quantas provas do seu amor eu tive em tempos idos. Tantas que, mesmo não sendo mais católica, sou filha e, como tal, acredito no amor de mãe.

Dia do aniversário do meu primo Franco, que não vejo há décadas, e do tio Ruy, o tio Ruyzinho, irmão da mamãe.
Cabeceiras em festa.
Tio querido, todas as bençãos, muitas alegrias e emoções bem bacanas pra você.
Um beijo bem gostoso!
Franco, você está pra sempre no meu coração.
Sua mãe e eu, tia e sobrinha, tivemos filhos muito próximo e isso foi incrivelmente bacana pra nossa relação.
Te desejo tudo do e do bem, sempre.
Beijão.Foi muito bom estar com vocês, sobrinhos!
Bom retorno e até a volta.

Fui pra praia com a mamãe.
Dia lindo, mar delicioso.
Ela está se sentindo muito bem, com as pernocas, a cada caminhadinha, mais firmes.
Eu me acabo no mar, adoro tomar banhos.
Ela, sorvetes.

Observações na areia.
Muitas pessoas gentis, que param pra gente atravessar na faixa.
Os preços de tudo estão mega inflacionados de janeiro pra cá.
O funk feio é o que mais se ouve na areia.
Pessoas entram com cigarros e copos plásticos no mar, e voltam sem nada nas mãos. Vergonhoso.
Cada família, ou grupo, no seu guarda-sol. Não vi muvuca na enseada.
As crianças me deram muitas saudades da Emilie. Estou há quase 10 meses sem ver minha neta. E isso faz meu coração doer. Enfim…

Voltamos as 11h pro apartamento.
Já estava bom pra mamãe e estou aqui por e pra ela.
Saímos na hora certa.
Muitas pessoas no contra fluxo.

Figo e manga, eu.
Café e queijo, ela.

Delícia do viver é fazer o que se querer, quando se quer e se quiser.

Uma cerveja pra abrir o apetite, temperei sobrecoxas de frango, lavei o que tinha que ser lavado.

Samba combina.

“…vou reconstruir meu sonho
Procurando sinais.
Ninguém vai me ver tristonha, jamais!…

Piscina e leitura.
Mais cervejas enquanto o almoço se prepara.
Frango na cerveja, arroz com milho verde.
Me sinto muito contente.
Agora é samba e reflexões na tarde verânica, na varanda.
Eu e eu mesma, sempre.

Felizfeliz.
Sambando na tarde.

Para reflexão.
“Eu não sou pobre, eu sou sóbrio, de bagagem leve. Vivo com apenas o suficiente para que as coisas não roubem minha liberdade.”
José ‘Pepe’ Mujica

Resistir em todas as situações.

Seguimos.