Na tarde do último sábado (06), uma equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE) realizou patrulhamento preventivo nas proximidades da Escola Professora Theresinha da Silva Paes Seco, no Bairro Caimã, em Botucatu, quando avistou dois indivíduos de forma suspeita.

Ao perceberem a presença da viatura, fugiram em direção a uma casa. Durante a abordagem, um dos suspeitos lançou um invólucro dentro da residência, sendo imediatamente abordado, enquanto o outro tentou esconder um tijolo de maconha no quintal, sendo também detido.

Durante a revista pessoal, foram encontrados um dos suspeitos 249 reais e um celular, enquanto o outro portava o tijolo de maconha e 50 reais. No quintal da residência, foi encontrado o invólucro arremessado, contendo pó branco analógico a cocaína, uma balança e apetrechos para embalagem de drogas. Próximo ao local onde buscamos esconder as substâncias ilícitas, uma sacola com dois pacotes de eppendorf, geralmente usadas para embalar drogas, foi encontrada.

A residência, visivelmente abandonada, tinha o portão aberto. Questionados informalmente, ambos os suspeitos afirmaram que pretendiam traficar drogas em casa. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a ambos e conduziu a ocorrência até o plantão policial, onde o delegado elaborou um boletim de ocorrência de natureza Tráfico de Drogas e Associação ao Tráfico. Os indivíduos, ambos de 26 anos, ficaram à disposição da justiça.