Foto: Arquivo
A partir do dia 1º de maio, lojas com até 750m²de área, só poderão abrir em sistema de drive thru, com meia porta aberta e em sistema de delivery, informou o prefeito Mário Pardini , apos encontro com comerciantes, nesta quarta-feira, no Teatro Municipal.
Além dessa providencia, todas as vagas de estacionamento serão proibidas durante a vigência do decreto do Prefeito, nas ruas Amando de Barros e Major Matheus e nas avenidas D. Lício e Floriano Peixoto.
Essas foram algumas medidas anunciadas pelo prefeito Mário Pardini, em seu perfil, após encontro com comerciantes e lideranças do comércio em encontro realilzado no Teatro Municipal Camilo Fernandez Dinucci.

Após reunião com o superintendente do HC de Botucatu, André Balbi, diretora da Faculdade de Medicina, Dra. Maria…

Posted by Pardini on Wednesday, April 22, 2020

CONFIRA A NOTA DO PREFEITO

Após reunião com o superintendente do HC de Botucatu, André Balbi, diretora da Faculdade de Medicina, Dra. Maria Cristina, infectologista Carlos Magno Fortaleza, Secretário de Saúde, André Spadaro e promotoria de justiça, estamos tomando uma atitude importante, mantendo o distanciamento social, responsável com a saúde da população e com a necessidade dos comerciantes.

De acordo com os critérios de saúde, assegurados pelo nosso Comitê de enfrentamento ao Coronavírus na Cidade, decreto, com vigência a partir de 1º de maio:

– Permissão para o funcionamento das lojas do comércio com até 750 metros quadrados de área, apenas em sistema de drive-thru, com meia porta aberta, e delivery.

– Todos os funcionários das lojas deverão seguir critérios de higiene pessoal e proteção, como o uso de máscaras e álcool em gel, dentre outros.

– As principais ruas do comércio da Cidade terão o estacionamento proibido neste período, para que o serviço de drive-thru seja possibilitado, como trechos das Ruas Amando de Barros e Major Matheus, e das avenidas Floriano Peixoto e Dom Lúcio.

Recomendamos também que toda a população continue se esforçando em manter o isolamento social e saia apenas em casos de extrema necessidade, vestindo máscaras de proteção (aconselhado o uso de máscaras caseiras de tecido).

Dessa forma, manteremos o distanciamento social, que continua fundamental para vencermos essa batalha contra a doença e iniciaremos de forma gradual a abertura do nosso comércio.

É uma luta difícil, que exige de nós fé, perseverança e muita responsabilidade!

Iniciamos com o aval das autoridades de saúde, que manifestam seu apoio através de nota técnica devidamente endossada, a gradativa abertura do nosso comércio. A manutenção dos bons indicadores de saúde da nossa população, alcançados através das medidas eficientes no combate a epidemia, manterão a decisão que acabamos de tomar.

Continuemos juntos nessa batalha!