Na noite da terça-feira (18), uma mulher de 44 anos foi presa no distrito de Rubião Júnior, em Botucatu, pelo crime de estupro de vulnerável, conforme previsto no artigo 217 do Código Penal Brasileiro (Lei 2848). A prisão foi efetuada pela equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE) durante um patrulhamento preventivo.

Os agentes do GAPE reconheceram a mulher, contra quem havia um mandado de prisão em aberto por estupro de vulnerável. Para garantir a integridade e os direitos da detida, foi solicitado o apoio de uma Guarda Civil Municipal Feminina (GCMF) para realizar a busca pessoal, durante a qual nada de ilícito foi encontrado.

Após a constatação do mandado de prisão, foi dada voz de prisão à mulher, que foi então conduzida ao plantão policial. A delegada de plantão, ao tomar ciência do caso, deliberou a elaboração do Boletim de Ocorrência por Captura de Procurado. A indiciada permanece à disposição da Justiça.