” …o gim é um veneno,
cuidado benzinho,
não beba demais..”
Chico Buarque tem toda razão.

Acordei confusa.
Tinha compromisso com a mamãe.
Mas ela telefonou e me dispensou. Ahhh, vivas pra sensibilidade materna!

Tratei de me alimentar e hidratar com bastante esmero. Frutas, suco, café, queijo quente, água e água.

Falei com o Diego e isso me deixou tãotão melhor.
Meu filhão está bastante positivo com a vida e com a chegada do verão.
Lagos é um paraíso tropical no Algarve, em Portugal.
Praias belíssimas, a cidade fervilha com pessoas do mundo inteiro.
Nossas passagens, minha e da Maria Clara, estão marcadas pra julho.
Infelizmente não tenho mais tanta confiança que consigamos embarcar nas datas.

Aprendi a curtir essa banda de rock português ouvindo a rádio Meo 80.
Não se engane.
Portugal é fado, é rock, é arte, literatura e cultura de muita qualidade.
E, aqui, meu coração materno está chorando de saudades.

Por isso agradeço todos os dias pelos 35 anos trabalhados.
Se não embarcar em julho, embarco em outra data.
Mas não posso imaginar ficar sem ver meus filhos ainda esse ano.

As fronteiras da Europa estão fechadas pra nós, brasileiros.

Recebi da poeta, que sempre me presenteia com reflexões bacanas. Foi ela também que me indicou o Enrique Villa-Matas, que estou lendo na rede enquanto me recupero de mim mesma.

Almocei muito.
A temperatura caindo a cada hora.
O céu já nublou.
Mas estou aqui em minha casa e isso é muito booooommm.

Na tv vejo muitas ações solidárias e isso fortalece.
Santa tecnologia, Batman!
Telemedicina, compras, lives musicais, museus, bibliotecas… tem coisas bacanas acontecendo em meio ao caos.

Haroldo Amaral postou e combina bem, infelizmente, com o desgoverno.
” Quando os homens são éticos, as leis são desnecessárias; quando são corruptos, as leis são inúteis.”, Beijamin Disraeli

Quase 220 mil casos e  quase 15 mil mortes.
Denúncias de corrupção e má gestão.
Falta de condições de trabalho e salários abaixo do piso pros profissionais de saúde.

Estamos sem ministro da saúde e isso tanto faz já que, o que manda e tem a caneta, não tá nem aí.
Tudo que ele quer é uma solução mágica, rápida, pra tentar salvar a economia.
Como se só o Brasil estivesse em recessão, aff…

Por falar em economia, o tal ministro está deitando e rolando com decisões que atingem os mais vulneráveis.

Uma gentalha desclassificada, nojentos!

Chega.

As rotinas da casa no período da tarde.
O tempo esquentou ou eu melhorei ou os dois.
Com a ajuda da vassoura, tenho medo de escada, consegui abaixar uns galhos da amoreira pra colher.
Molhei as plantas, felizfeliz, com tomates, berinjelas e amoras em produção.
Ainda aguardo o botão de orquídea abrir.

O cheiro de churrasco que vem da casa do vizinho está me enlouquecendo.

Fiz panquecas de aveia pra comer com as delícias da Sumaia Saleh, coalhada e homus. Deliciosos. O homus é o melhor que já comi, sinceramente.
E ainda tem o chancliche.
Adoro culinária árabe!
E a querida manda muito bem.
Recomendo.


A foto acima é da postagem da Márcia Mateu no grupo Chico Buarque-se.

Já que não é possível ser totalmente alheia, o lance é aproveitar o tempo com os prazeres da mente e da mesa.

” …talvez o elegante fosse viver na alegria do presente, que é uma forma de nos sentirmos imortais.”
Enrique Villa-Matas, Paris não tem fim.

Resistiremos.

Seguimos.