Um susto na madrugada.
O gato novamente.
Foi punk.
Azar meu e da dona dele, que conheceu minha ira na madrugada.

A Claro, o cara do telemarketing na verdade, deu azar.
É muita invasão de privacidade.
Mais de 20 telefonemas em 4 dias, u ó!

Enfim, não dormi bem e acordei tarde e exausta.
Café da manhã pra matar a fome e tentar melhorar o humor.
Banho.
Farmácia pra mamãe.

Que delícia inverter a rotina.
Sem bons dias.
Fui levar o remédio pra Gloglo na casa do André.
E foi muito gostoso.
Muitas prosas e gargalhadas.
Planos pra festa da Marqueza.
Voltei pra casa com uma energia bem melhor.
Boas tardes.
Falei com Lucas, sempre muito bom!,  e mudamos as datas da minha viagem.
Brasileiros não são bem vindos na União Européia. Ahhhhhh…. triste 🇧🇷 desgovernado!

Telefonei pro Diego, ahhhhhh, quantas saudades meu filho!
Só boas palavras, muito trabalho e o verão chegando na linda Lagos!

É tudo que eu mais quero, estar com vocês filhos amados!

Meu irmão forneceu a delícia de hoje.
Sobrecoxa assada, tempero perfeito.
Arrasou cunhada!
Fiz vários tim tins saboreando.

E a rede como ninho nesse dia atípico.
É feriado de corpus Christi.
Posso dizer que me sinto muito contente por a quarentena ter me privado da festa da paróquia aqui em frente.
Não sou hipócrita e nem católica.
Sou deísta e sincericídia.
A tal festa é sempre muito invasiva.
Amém.


Escolhi o texto da Simone pra você, querida e linda Lou!
Feliz aniversário, bunitaaaaa!
Mãe talentosa, meus sobrinhos puro talento, e o Francisco, ahhhhhh!
Obrigada por tantas deliciosas pessoas como eles na minha vida.
Alegrias e bençãos no seu caminhar, sempre!

Aiai…e a tarde segue.
Estou muito até feliz.
São expectativas, prosas, memórias.
É o pensar em conquistas e no “a conquistar”.

Por exemplo.
Como reclamar, e de que reclamar, quando a vida vibra aqui?

Escrever é uma libertação.
O que as pessoas lêem a cada dia é o que as toca.
Seja qual for, o que pega pra cada um, me sinto muito honrada por tocá-los de alguma forma.

Fato.
Mal comecei a conhecer a vida…
Mamãe completa 85 anos amanhã.
Farei 60 em dezembro.
O tempo é tãotão nada!
Nada, nada.
Cada momento, cada minuto, hora, dia, semana, mês, ano, nada.
Porque aqui dentro não existe tempo. Existe emoção e sentimento.
E o que eu sinto, além de saudades, é muita gratidão.

A vida tem sido muito generosa comigo.
Família, família afetiva, o melhor de tudo e do todo.

“Ao meu redor está deserto….
Amor de longe….”

Cai a tarde.
Como disse meu irmão Erik, ” O que importa é que está tudo bem.”
Exatamente assim.

Para reflexão.
“Em vez de lutar contra a força da confusão, podemos encontrar com ela e relaxar. Quando fazemos isso, gradualmente descobrimos que a claridade está sempre lá. No meio do pior cenário da pior pessoa do mundo, no meio do pesado diálogo com nós mesmos, o espaço aberto está sempre lá.”
Pema Chondron, em Quando tudo se desfaz.

Resistirei.

Resistiremos.

Seguimos.